Matérias » Personagem

Por que a filha de Stalin não acreditava na imagem heroica do pai?

Apesar de ter sido mimada por seu pai, Svetlana Alliluyeva criticou o governo soviético até o fim de sua vida

Giovanna de Matteo Publicado em 24/09/2020, às 17h27

Stalin com sua filha Svetlana Alliluyeva em Moscou, 1933
Stalin com sua filha Svetlana Alliluyeva em Moscou, 1933 - Getty Images

Svetlana Alliluyeva, filha caçula do ditador da União SoviéticaJosef Stalin, nasceu em 26 de fevereiro de 1926 em Moscou. Ela era considerada a princesa do Kremlin e muito adorada pelo pai, que a chamava carinhosamente de "pequena mariposa".

"A única pessoa que conseguia amolecer Stalin era Svetlana", diz Rosemary Sullivan, autora da biografia A filha de Stalin: a extraordinária e tumultuada vida de Svetlana Alliuyeva.

No entanto, com o passar dos anos Svetlana teria tomado conhecimento a respeito das atrocidades ocorridas durante o governo de seu pai, fazendo-a com que se rebelasse. "Era uma mulher com imaginação, apaixonada pela escrita, frustrada e prisioneira da proteção que era dada ao nome de seu pai. Mas nunca deixou de se rebelar contra isso. Sua determinação era impressionante", declarou Sullivan em entrevista à BBC Mundo.

Svetlana passou seus anos na escola aprendendo sobre o culto ao seu pai. Na biografia ela afirma que sua imagem estava por toda parte. "Lenin era nosso ídolo, e Marx e Engels nossos apóstolos", já Stalin sempre tinha razão em tudo, "sem exceção", revelou a filha do soviético. O culto à personalidade do político foi duramente criticado por ela, tanto a respeito de seu pai quanto do presidente Putin, afirmando que ele estava trazendo de volta essas "táticas" usadas por Stalin.

Stalin segurando sua filha, Svetlana. Foto tirada em 1937, na casa de campo de Stalin, em Moscou / Crédito: Getty Images

 

Ao longo de sua vida, Svetlana percebeu os episódios sangrentos da Era Stalin. O sumiço de pessoas, como foi o caso da sua babá e do escritor judeu Aleksei Kapler, por quem ela era adorava durante a adolescência, causou diversos traumas na menina, fazendo-a entender o quão poderoso seu pai era — que com apenas uma imposição poderia levar milhares de pessoas à morte, trabalho forçado ou desaparecimento. "A vida uma pessoa podia depender inteiramente de uma palavra do meu pai", escreveu Svetlana.

A filha do ditador refletiu questões que a levaram a se opor à ideologia de seu pai. "Exigia a censura de qualquer pensamento privado por meio da hipnose de massas", disse ela sobre o comunismo stalinista, e chegou até mesmo a dizer que Stalin teria criado no país uma "mentalidade dos escravos".

Já adulta, decidiu largar os países da União Soviética e ir viver nos Estados Unidos, o antro do liberalismo e um dos maiores inimigos da URSS. Por isso, foi considerada pelo regime como a pior desertora, acusando-a de traição.
 
Em 1967, durante os conflitos da Guerra Fria, ela acabou chamando atenção por ter desertado da União Soviética com ajuda e companhia de agentes da CIA. No país, Svetlana se dedicou a criticar o regime comunista em suas publicações, livros e entrevistas.
Josef Stalin com sua filha caçula Svetlana / Crédito: Getty Images

 

 

Svetlana Alliluyeva faleceu aos 85 anos, em 22 de novembro de 2011, vítima de um câncer terminal. Suas cinzas foram jogadas no Oceano Pacífico.


+Saiba mais sobre Stalin por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Stalin, de Dmitri Volkogonov (2000) - https://amzn.to/2XtSGlA

Stálin, de Simon Sebag Montefiore (2006) - https://amzn.to/2y9g5yk

Stálin: Nova biografia de um ditador, de Oleg V. Khlevniuk (2017) - https://amzn.to/2UZBzGH

A fome vermelha: A guerra de Stalin na Ucrânia, de Anne Applebaum (2019) - https://amzn.to/2UYLV9D

A Maldição De Stalin, de Robert Gellately (2017) - https://amzn.to/2JVtexl

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W