Matérias » Personagem

Por que o amarelo estava tão presente nas pinturas de Van Gogh?

Entenda o motivo pelo qual o grande artista tinha preferência pelos tons amarelados

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 18/05/2021, às 10h51

Retrato de Van Gogh
Retrato de Van Gogh - Wikimedia Commons

Vincent Van Gogh é, certamente, um dos mais importantes personagens da história da arte e também um dos mais populares.

Conhecido por seus autorretratos, quadros de flores e pinturas que retratavam móveis de madeira, como o famoso "Quarto em Arles", o artista pós-impressionista, que viveu durante a segunda metade do século 19, é uma figura extremamente intrigante em diversos aspectos.

Dentre diversas questões que surgiram com o passar dos anos, o motivo pelo qual o holandês utilizava tanto o amarelo é uma das que mais gera inquietações entre os amantes da arte.

As pinturas, outrora em cores intensas, hoje apresentam um tom intermediário entre o amarelo e o marrom, mas há uma explicação simples para o fenômeno.

É provável que a exposição aos raios ultravioleta tenham provocado alterações químicas no pigmento amarelo. A partir desta hipótese, temos que a redução do cromo de Cr (VI) para Cr (III) ocasionou o escurecimento da tinta.

Autorretrato com Orelha Enfaixada, pintado no ano de 1889 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Contaminação

Provavelmente, o pintor tinha preferência pelo amarelo em razão de uma condição de saúde: uma planta medicinal chamada dedaleira, utilizada por Van Gogh para tratar de suas crises de epilepsia e confusões mentais, teria causado uma contaminação.

Apesar de suas propriedades capazes de amenizar o sofrimento dos pacientes, a mesma planta, se utilizada em excesso, também era capaz de levá-los à intoxicação.

Conhecida como xantopsia, a doença desenvolvida a partir da contaminação pela flor pode alterar percepção das cores em seres humanos. Desta forma, o autor de "Os Girassóis" teria passado a enxergar os objetos ao seu redor em tons amarelados.

Quarto em Arles, de Van Gogh, pintado em 1888 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Teria sido Paul Gachet, médico pessoal do holandês, quem receitou a planta ao talentoso pintor. O artista, inclusive, chegou a realizar uma pintura na qual Gachet aparece com um buquê de dedaleiras.

O artigo 'Qué misterios esconden las pinturas de Vincent van Gogh?', de Raúl Rivas González, professor de Microbiologia da Universidade de Salamanca, explica que o profissional sabia dos efeitos da utilização da planta em excesso e teria alertado Van Gogh sobre o problema.

Contudo, o holandês não soube utilizar a flor em seu benefício e passou a enxergar o mundo em tons amarelos, de modo que retratou sua experiência em suas obras.

Claro que os quadros não eram monocromáticos. Também o azul e o branco eram utilizados em grande escala pelo artista de maneira muito equilibrada como no caso de "A Noite Estrelada".

A Noite Estrelada, de 1889 / Crédito: Wikimedia Commons

 

No entanto, com o agravamento da xantopsia, o branco e o amarelo teriam se tornado indistinguíveis para Van Gogh, assim como azul se confundiria facilmente com o verde. Para alguns especialistas, o pintor sofreria desta doença em grau moderado.

Entre aqueles que estudam a vida do artista pós-impressionista, há ainda outra teoria: a de que Van Gogh sofreria de um glaucoma subagudo de ângulo fechado, o que explicaria os "halos", os círculos que o artista costumava pintar em suas obras, a exemplo de "Café Noturno" e "A Noite Estrelada". 


+Saiba mais sobre Vincent Van Gogh por meio de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Living with Vincent van Gogh: The homes and landscapes that shaped the artist, Martin Bailey, 2019 - https://amzn.to/3iWZrE4

Van Gogh, de Steven Naifeh (2012) - https://amzn.to/3l3bWjd

Cartas a Théo, de L&PM (1997) - https://amzn.to/34ikfBZ

As Mulheres De Van Gogh. Seus Amores E Sua Loucura, de Derek Fell (2009) - https://amzn.to/31eScRZ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W