Matérias » Personagem

Princesa Stéphanie de Mônaco: a outra vítima do acidente que tirou a vida de Grace Kelly

Por anos, a herdeira ao trono foi culpada injustamente pela morte precoce de sua mãe

Victória Gearini Publicado em 25/05/2020, às 18h56

Princesa Stéphanie de Mônaco, em 1986
Princesa Stéphanie de Mônaco, em 1986 - Wikimedia Commons

A cantora e estilista, Stéphanie Marie Elisabeth Grimaldi, mais conhecida como princesa Stéphanie de Mônaco, é a filha mais nova de Rainier III, príncipe de Mônaco com a atriz norte-americana Grace Kelly, sendo a 14ª na linha de sucessão ao trono. No entanto, por anos, a princesa foi acusada injustamente pela morte de sua mãe.

Nascida no dia 1 de fevereiro de 1965 no Palácio do Príncipe, em Mônaco, Stéphanie era uma criança extremamente inteligente, divertida, calorosa e boa atleta. No entanto, aos 17 anos viu sua juventude mudar por completo, logo após a morte de sua mãe, a qual ela foi responsabilizada e acusada de forma injusta pela mídia.  

O trágico acidente 

No dia 13 de setembro de 1982, Stéphanie e Grace Kelly voltavam de sua fazenda em Rocagel, na França, quando o carro derrapou em uma curva, caindo em um penhasco de aproximadamente 40 metros de altura. Kelly foi vítima de um acidente vascular cerebral e perdeu controle automóvel, caindo de uma montanha de 37 metros.

Um jardineiro que trabalhava próximo ao local do acidente, avistou o carro e conseguiu salvar a vida da adolescente, no entanto, Grace Kelly ficou presa no automóvel, sendo resgatada mais tarde pelos socorristas. 

O grande nome de Hollywood foi levado para o hospital de Mônaco — que mais tarde viria a ser renomeado como Centro Hospitalar Princesa Grace — com danos no cérebro e tórax e fraturas no fêmur.

A atriz foi atendida rapidamente, mas acabou entrando em coma. Morreu no dia seguinte após o Príncipe Reinier ter solicitado o desligamento dos aparelhos que possibilitavam o seu estado vegetativo.

 Grace Kelly com sua filha Stéphanie / Crédito: Wikimedia Commons

 

 

Na época, Stéphanie não pode participar do funeral, pois estava se recuperando de uma fratura em uma de suas vértebras. Os jornais especularam, ainda, que a adolescente teria sido a responsável pela morte de Grace Kelly, pois estaria dirigindo o veículo sem permissão.

Por anos a princesa se manteve em silêncio sobre os reais motivos do acidente, até que em 1989 concedeu uma entrevista ao autor Jeffrey Robinson.

"Havia muita pressão sobre mim porque todo mundo estava dizendo que eu estava dirigindo o carro, que tudo foi minha culpa, que eu tinha matado minha mãe. Não é fácil quando você tem 17 anos, viver com isso", disse a princesa Stéphanie de Mônaco à Robinson.

Casamento real entre o Príncipe Reinier III e a Princesa Grace Kelly / Crédito: Getty Images

 

Só falaria novamente sobre o traumático episódio em 2002, durante uma entrevista à revista francesa Paris Match. Stéphanie voltou a negar que estivesse dirigindo o veículo. "Não apenas passei pelo horrível trauma de perder minha mãe em uma idade muito jovem, mas estava ao lado dela no momento do acidente”, revelou em conversa com a revista.

Recuperação e carreira promissora 

Em 1983, um ano após o trágico acidente, Stéphanie ingressou em um programa de aprendizes na Christian Dior, sob a supervisão do renomado designer Marc Bohan. Ao longo dos anos, a princesa seguiu os passos de sua mãe, e dedicou-se à arte, moda e música. Além disso, estudou dança clássica e piano, além de ter competido em campeonatos de ginástica.

Princesa Stéphanie de Mônaco com irmãos / Crédito: Wikimedia Commons

 

Fotografada por inúmeras revistas renomadas, Stéphanie lançou, ainda, uma marca com seus próprios perfumes e uma linha de roupas de banho. Empreendedora, construiu um legado dentro da moda, no entanto, o trauma do acidente que matou sua mãe ainda hoje a assolam. “Ninguém pode imaginar o quanto eu sofri e ainda sofro", disse à revista Paris Match.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Grace. A Princesa de Mônaco, de Jeffrey Robinson (2014) - https://amzn.to/3d3tvLN

Grace Kelly (Edição Inglês), de Pierre-Henri Verlhac (2014) - https://amzn.to/2X3wIp8

Grace Kelly Collection (DVD) - https://amzn.to/2ZxE9Xb

Grace Kelly: Hollywood Dream Girl (Edição Inglês), de Jay Jorgensen e Manoah Bowman (2017) - https://amzn.to/2Xx4ceB

100 Women - 100 Styles: The Women Who Changed the Way We Look (Edição Inglês), de Tamsin Blanchard (2019) - https://amzn.to/3d6ER1u

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W