Matérias » Estados Unidos

"Qual é a senha?": o impressionante combinado que salvou uma menina de um sequestro

Aos 11 anos, a garota do Arizona, nos Estados Unidos, escapou de uma situação terrível em 2018 ao lembrar de uma lição que aprendeu

Pamela Malva Publicado em 10/10/2020, às 10h00

Imagem meramente ilustrativa de garota em jardim
Imagem meramente ilustrativa de garota em jardim - Divulgação/Pixabay

Uma das primeiras lições que qualquer criança recebe dos pais é não falar com estranhos. Aparentemente simples, essa ordem pode salvar a vida dos pequenos em diversas situações, já que o perigo está sempre à espreita.

No caso de uma menina de Phoenix, no Arizona, contudo, não foi apenas o ensinamento que evitou um sequestro. Com um pensamento rápido, a garota se lembrou de um combinado que tinha com os pais e colocou em prática.

Para Mark Lamb, o chefe de polícia que cuidou do caso, o desfecho da história poderia ter sido muito pior. Nesse sentido, em entrevista à BBC News Mundo em 2018, ele afirmou que a reação da menina mostrou “que ela muito madura e bem preparada”.

Imagem meramente ilustrativa de van estacionada / Crédito: Divulgação/Pixabay

 

Promessas e mentiras

Tudo aconteceu às 15h45 do dia 7 de novembro de 2018. Naquela tarde, a menina de 11 anos caminhava pelo parque de San Tan Valley com uma amiga quando foi abordada por um estranho que dirigia uma van branca.

De início, a garota estranhou a situação, mas não o suficiente para ir embora. O homem, que cobria o rosto com as mãos, então, começou a falar com ela, dizendo que o irmão da pequena havia sofrido um acidente e precisava de ajuda.

Antes de tomar qualquer decisão, no entanto, a menina se lembrou das lições que aprendeu com os pais. Ao invés de entrar no carro do homem, ela perguntou qual era a senha combinada com a mãe para situações de emergência.

Frente ao impasse, sem saber a resposta, o suposto sequestrador colocou o pé no acelerador e foi embora, antes que algum tumulto se formasse. Logo em seguida, a menina voltou para casa, contou tudo para a mãe e a polícia foi chamada.

Brenda James, a mãe da garota de 11 anos / Crédito: Divulgação

 

Portas fechadas

Segundo Brenda James, mãe da garota, ela nunca pensou que o código realmente seria necessário um dia. "Estou muito orgulhosa da minha filha por se lembrar dele", comentou, em uma entrevista na época. Para a mulher, a senha combinada com certeza salvou a vida da pequena, que nunca teve a identidade divulgada.

Logo depois do ocorrido, Mark Lamb e seus agentes começaram uma investigação a fim de encontrar o suposto criminoso. A menina, no entanto, só conseguiu definir algumas coisas sobre o homem: ele foi descrito como branco, de quarenta e poucos anos e com barba curta. Sua van, segundo as investigações, era uma Ford Explorer.

Por fim, ainda que muitas crianças tenham visto o suspeito nas região do parque, a polícia não conseguiu encontrá-lo. Para Mark, resta proteger os pequenos e, assim como foi feito com a menina de 11 anos, ensiná-los a não confiar em qualquer pessoa — para isso, até mesmo senhas e códigos podem ser um caminho.


+Saiba mais sobre casos de sequestros através dos livros abaixo

Libertada, de Michelle Knight e Michelle Burford (2014) - https://amzn.to/37g8TNs

Kidnapped: The Tragic Life of J. Paul Getty III, de Charles Fox (2018) - https://amzn.to/36dvuJ5

3096 dias, de Natasha Kampusch (2010) - https://amzn.to/30N5vXR

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W