Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Animais

Qual raça de gato sobrevive mais tempo? Pesquisa descobriu

Entre os pets mais queridos e possuídos em todo o mundo, diferentes raças de bichanos foram analisadas para novo estudo; confira!

Imagem ilustrativa com um gato - Foto por Ron van der Steeg pelo Pixabay
Imagem ilustrativa com um gato - Foto por Ron van der Steeg pelo Pixabay

Em todo o mundo, algo que é praticamente inerente à humanidade é a afeição por pets. Sejam cães, gatos, aves, peixes ou mesmo animais mais exóticos, os tutores consideram os animais, muitas vezes, membros da família.

Os bichanos, mais especificamente, estão entre os tipos de pets mais populares em qualquer lugar, havendo indícios das domesticações mais antigas de felinos registrados na China, datados de 9 mil anos atrás. Além disso, vale mencionar que os gatos eram considerados sagrados no Egito Antigo, sendo muitas vezes até mesmo mumificados.

+ Gatos, macacos e cães: Relembre a descoberta do 'cemitério de pets' do Egito Antigo

Antiga pintura egípcia e estátua de bronze egípcia de gatos / Crédito: Getty Images

Vale mencionar que os gatos não são exclusivos de uma única região do mundo, existindo várias raças diferentes por todo o globo, cada uma com suas próprias características e peculiaridades.

Assim, não é de se surpreender que, quando estes bichinhos morrem, muitas vezes ficamos com o coração partido. Porém, caso você se interesse em ter um gato longevo, um estudo recente apontou quais as raças de gatos que vivem por mais tempo. Confira!

Pesquisa

Para o estudo, publicado no Journal of Feline Medicine and Surgery, os pesquisadores analisaram quase 8 mil gatos que morreram entre janeiro de 2019 e março de 2021 no Reino Unido, unicamente em clínicas de cuidados primários.

Coletando dados, montaram tabelas que estimam o tempo de vida médio de diferentes raças — incluindo os vira-latas —, além de considerar fatores que podem colaborar com um aumento ou diminuição da expectativa.

Imagem ilustrativa de gato / Crédito: Foto por Rafhael Nobre pelo Pixabay

Por exemplo, foi apontado no estudo que as fêmeas, independente da raça, costumam viver cerca de 1,3 anos a mais que os machos, e os animais castrados possuem ainda 1,1 ano a mais de expectativa em relação aos não-castrados.

Outro ponto observado, e que, na verdade, é aplicável a qualquer espécie de animal, é que os gatos fora do peso ideal, seja acima ou abaixo do comum, possuem menor expectativa de vida: considera-se que a cada 100g de desvio, a expectativa de vida diminua em 0,02 anos.

Raças

Conforme repercutido pela Super Interessante, o tempo médio de vida de gatos britânicos é de 11,7 anos. Porém, as raças de felinos mais longevas são provenientes da região do Mianmar (antiga Birmânia), um país da Ásia fronteiriço com a China, a Índia e a Tailândia.

Duas raças originárias de lá, os gatos Sagrado da Birmânia e o Birmanês possuem uma média de 14,4 anos de expectativa de vida. Já em contramão, os Sphynx, aqueles famosos gatos sem pelo, são aqueles com menor expectativa de vida, com uma estimativa de 6,7 anos — principalmente por conta de sua predisposição genética a doenças cardíacas e outras condições de saúde.

Uma curiosidade é que no Brasil, segundo o PetCenso 2023, 98% dos gatos não possuem raça definida, o que pode ser uma boa notícia: os felinos cruzados possuem uma expectativa de vida de 1,5 anos a mais que os de raça, com uma média de 11,9 anos, segundo a pesquisa.

Em sequência, as raças mais longevas são o Siamês (11,7 anos), o Persa (10,9 anos), o Ragdoll (10,3 anos), o Norueguês da Floresta (9,9 anos), o Maine Coon (9,7 anos), o Azul Russo (9,6 anos), os British Shorthair e British Longhair (9,6 anos) e o Gato-de-Bengala (8,5 anos).