Matérias » Personagem

Rei do Bourbon: A saga do homem que montou um negócio com uísque roubado

O norte-americano trabalhou por mais de vinte anos na mesma destilaria — e, um dia, teve a ideia de pegar garrafas quando ninguém estava olhando

Ingredi Brunato, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 23/07/2021, às 09h00

Toby em trailer da série documental
Toby em trailer da série documental - Divulgação / Youtube / Netflix

A proposta da série documental Roubos Inacreditáveis, lançada em junho pela Netflix, é contar as histórias em que “pessoas comuns tentam roubos extraordinários”, segundo promete a sinopse disponível na plataforma. 

Uma dessas histórias é a de Toby Curtsinger, um norte-americano que furtou barris de Bourbon enquanto trabalhava na destilaria Buffalo Trace, que produz a bebida alcoólica de luxo. 

O estadunidense, que esteve na folha de pagamento da empresa por mais de duas décadas, era encarregado de fazer o transporte do estimado uísque.

“Se você tivesse a oportunidade de roubar se trabalhasse em um banco com um cofre aberto e ninguém vendo você, você faria isso se não fosse pego?”, questiona Toby durante sua participação na produção. 

Segundo repercutido pelo site Men’s Health, ele começou a furtar as garrafas produzidas por seus patrões em 2008, e ao longo do tempo foi aumentando as doses de álcool roubadas, até que estava levando caixas e barris inteiros com a ajuda de vários amigos. Dessa forma, Curtsinger acabou iniciando um pequeno — e bem-sucedido — negócio de revenda da bebida. 

Trecho de trailer de "Heist" / Crédito: Divulgação/ Youtube/ Netflix

 

Em 2013, todavia, os gerentes da destilaria perceberam que o equivalente à quantia de 100 mil dólares em garrafas envelhecidas de Pappy Van Winkle haviam sido surrupiadas, o que iniciou uma investigação que eventualmente terminou com a polícia descobrindo o esquema do estadunidense. 

Consequências 

Demorou dois anos para que Toby fosse pego. Em 2015, na tentativa de acelerar a busca por respostas, a Buffalo Trace colocou um prêmio de 10 mil dólares para quem pudesse fornecer qualquer pista.

Foi então que uma denúncia anônima fez com que fosse feita uma busca na casa do norte-americano, onde foi encontrada não apenas uma grande quantidade de Bourbon, mas também esteroides. 

Curtsinger foi condenado a 15 anos de prisão por seus crimes. Felizmente para ele, como era sua primeira infração, e ela não era considerada violenta  — fazendo com que o ladrão de uísque não fosse julgado como um perigo à sociedade  —, o norte-americano teve a chance de entrar em regime condicional após apenas um mês encarcerado. 

Cultura de roubo? 

Imagem meramente ilustrativa de barris de álcool / Crédito: Divulgação/ Pixabay/ paulbr75

 

No documentário da Netflix, Toby descreve uma “cultura de roubo” existente no local em que trabalhava, sugerindo assim que não seria o único funcionário a furtar bourbon durante aquele período. 

O ponto levantado por ele é corroborado pelo fato de um outro colega de Curtsinger, chamado Greg Anglin, ter admitido também roubar bebidas da destilaria. Ele foi capaz de conseguir imunidade, porém, após testemunhar contra Toby. As informações foram repercutidas pelo site Esquire. 

Atualmente, o responsável pelo furto de uísque, apelidado de “Rei do Bourbon”, é pintor de casas. Segundo exibido na série documental, sua esposa, Julie Curtsinger, foi muito impactada pelos crimes do marido, que alegou não ter conhecimento sobre antes da busca policial. “Sinto que temos mais cura a fazer”, afirmou ela na produção, referindo-se ao casamento dos dois.

Assista o trailer da série.


+Saiba mais sobre outros crimes através das obras disponíveis na Amazon: 

De frente com o serial killer: Novos casos de MINDHUNTER, Mark Olshaker (Autor), John E. Douglas (Autor), Isabella Pacheco (Tradutor), 2019 - https://amzn.to/2sLF73X

Arquivos Serial Killers. Made in Brazil e Louco ou Cruel, Ilana Casoy (2017) - https://amzn.to/2NylR1c

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, Harold Schrechter. 2013 - https://amzn.to/37ytKLz

De frente com o serial killer: Novos casos de MINDHUNTER, Mark Olshaker (Autor), John E. Douglas (Autor), Isabella Pacheco (Tradutor), 2019 - https://amzn.to/2sLF73X

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W