Matérias » Personagens

Reinhard Heydrich: conheça o arquiteto do Holocausto

O oficial superior alemão foi um dos responsáveis por deflagrar a Noite dos Cristais, momento que desencadeou os horrores nazistas

Caio Tortamano Publicado em 12/12/2019, às 14h18

Reinhard Heydrich
Reinhard Heydrich - Getty Images

Nascido em uma abastada família alemã, Reinhard Heydrich era filho de um compositor e cantor de ópera, que desde cedo ensinou seu filho o gosto pela coisa. Assim, ele aprendeu a tocar violino desde cedo. Além disso, era um grande esgrimista e nadador, e cultivava, graças a seu pai, um grande sentimento nacionalista alemão.

Desde cedo era importunado por seus colegas por conta de sua voz aguda, e por isso era extremamente tímido e inseguro. Além disso, dentre a alta classe alemã, havia rumores de que sua família tinha antepassados judeus, constrangendo o garoto.

Depois da Primeira Guerra Mundial, a cidade natal de Heydrich sofreu com grande desordem civil, protestos e greves de grupos comunistas e anti-comunistas foram comuns durante muito tempo.

Toda essa euforia fez com que o menino, com apenas 15 anos, entrasse em uma organização paramilitar de direita que tinha como função retomar a ordem na cidade. No fim das revoltas, ele estava por dentro do mundo político e tinha decidido em fazer daquilo a sua vida.

Como consequência, Heydrich entrou para a marinha em 1922, sendo promovido ao cargo de tenente seis anos depois. A função não o protegeu de uma demissão curiosa. Em 1930 ele conheceu Lina von Osten em um baile, e o romance dos dois acabou virando em um pedido de casamento.

Porém, seis meses antes do noivado com Lina, Reinhard tinha prometido se casar com outra mulher, sendo acusado de "conduta imprópria para um oficial e cavalheiro", sendo demitido logo em seguida.

A demissão não atrapalhou a sua carreira. Heydrich chamou atenção de Heinrich Himmler, um dos principais nomes da liderança nazista, que começou a desenvolver uma divisão de contrainformação da SS, um importante grupo político paramilitar durante o Terceiro Reich.

Foi um encontro curioso. Ao perguntar para o antigo tenente quais eram suas ideias para a criação de um serviço de informação da SS, Himmler ficou animado com as respostas e o contratou de imediato.

Heydrich cresceu rapidamente no projeto nazista, chegando a ser chefe do novo Serviço de Informação na sede do partido em Munique. Dois meses após sua escalada, ele já tinha criado uma rede de espiões e informantes para chantagear pessoas influentes no meio político.

Passou a ser  respeitado dentre os nazistas, e Hitler considerava-o muito capaz e extremamente perigoso, características que chamavam atenção de Adolf. Seu maior reconhecimento no período foi por ter sistematizado o holocausto, enviando milhares de pessoas para campos de concentração.

Heydrich logo atrás de Adolf Hitler (à direita) / Crédito: Getty Images

 

Heydrich foi um dos organizadores da Noite de Cristal, autorizando diversos segmentos de autoridades a incendiar, atacar e destruir negócios e sinagogas judaicas. Após a ordem, cerca de 200.000 judeus foram enviados aos campos nos dias seguintes, marcando o início do holocausto.

O líder acabou morrendo em um atentado contra sua vida, em 1942 na cidade de Praga, na República Tcheca. Em uma operação conhecida como “Operação Antropóide”, dois homens tentaram atirar em Reinhard enquanto ele passava de carro por uma rua estreita, mas arma falhou e tiveram que apelar para um explosivo.

Depois do sangrento episódio, Heydrich, ainda vivo, foi atrás dos homens responsáveis pelo atentado e tentou alcançá-los, caindo no chão logo em seguida. Foi levado a um hospital onde parecia estar se recuperando gradativamente, mas acabou morrendo em 4 de junho de 1942.


+Saiba mais sobre a SS através de importantes obras

A história revelada da SS, Robert Lewis Koehl (2015)

link: https://amzn.to/2shU8dr

Rota de Fuga - A história não contada da SS, Maurício Munhoz (2015)

link: https://amzn.to/2EaW4H8

Crer e destruir: Os intelectuais na máquina de guerra da SS nazista, Christian Ingrao (2015)

link: https://amzn.to/2ROYeEF

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.