Matérias » Rússia

Restos de guerreiros de 3 mil anos podem ser alvo de ministro da Rússia

De acordo com jornal, o político apresentou a polêmica ideia durante uma reunião recente

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 27/04/2021, às 11h34

Os esqueletos datam de 3 mil anos atrás
Os esqueletos datam de 3 mil anos atrás - Divulgção/Sociedade Geográfica da Rússia

No ano de 1998 uma grande descoberta, realizada após escavações na República de Tuva, na Rússia, acabou por deixar a todos os apaixonados pelo mundo da arqueologia animados. O que se descobriu foi uma série de esqueletos de guerreiros Citas junto a seus cavalos, enterrados há cerca de três mil anos.

Mas o que ninguém esperava era que, mais de duas décadas depois, Sergei Shoigu, o ministro da Defesa russo, anunciaria um plano de criar um exército a partir de clones desses antigos guerreiros.

Exército de clones

Conforme repercutido pelo Daily Mail e All That Interesting, a polêmica ideia de Shoigu foi apresentada durante uma audiência com membros da Sociedade Geográfica da Rússia. Na ocasião, o político afirmou que o material genético dos guerreiros Citas, que foi encrontrado preservado, possibilitaria a criação de um exército de clones. 

 

“Claro, gostaríamos muito de encontrar material orgânico e acredito que você entende o que viria depois disso”, disse ele na reunião da qual também participou o presidente Vladimir Putin, ainda que remotamente. “Seria possível fazer algo com isso, talvez como Dolly, a Ovelha. Em geral, será muito interessante”, disse Shoigu.

As escavações

De acordo com o Daily Mail, as escavações no Arzhan 2, região mais conhecida como Vale dos Reis, foram realizadas por arqueólogos não apenas russos, mas também alemães no início da descoberta.

Vários anos depois, em 2018, novas escavações foram iniciadas sob o comando de Shoigu. Na época, até mesmo um xamã foi chamado por cientistas para que os espíritos não se incomodassem com a ação.

Um xamã foi chamado para abençoar o início das escavações - Crédito: Divulgação/Sociedade Geográfica da Rússia

 

Quem eram os Citas

Uma das primeiras menções de um historiador sobre os Citas foi feita pelo grego Heródoto, quem afirmou que esses guerreiros faziam capas com o couro cabeludo de suas vítimas depois de derrotá-los.

Outra prática que os citas muito provavelmente realizavam, conforme acreditam cientistas, era a utilização dos crânios de seus inimigos como copos.

Essas tribos, que viveram entre o sétimo e o terceiro século a.C. eram nômades e se deslocaram das fronteiras do norte da China até a região do Mar Negro.

Acredita-se que esses guerreiros Citas eram de origem iraniana e que falavam um idioma do ramo cita das línguas iranianas. 

A descoberta se deu no final dos anos 1990 - Crédito: Divulgação/Sociedade Geográfica da Rússia

 

Além disso, os citas tiveram uma grande importância para a história do Oriente Médio já que eles realizaram diversas invasões na região durante o século 7 a.C., de modo que contribuíram em muito para o desenvolvimento político local. 

Mera distração?

Há muitas pessoas que acreditam que a fala do político não passam de uma forma de desviar a atenção do público de temas mais importantes como o fato da Rússia ter enviado 100 mil soldados para a fronteira com a Ucrânia, o que gerou uma tensão ainda maior entre os países.


+Saiba mais sobre a história da Rússia por meio de grandes obra disponíveis na Amazon:

História Concisa da Revolução Russa, de Richard Pipes (2008) - https://amzn.to/3hNAafn

História da Guerra Civil Russa  —  1917-1922, de Jean-Jacques Marie (2017) - https://amzn.to/3jzKjww

O último tsar: Nicolau II, a Revolução Russa e o fim da Dinastia Romanov, de Robert Service, 2018 (ebook Kindle) - https://amzn.to/2WpbqjG

Os Romanov: O fim da dinastia, de Robert K. Massie, 2017 (ebook Kindle) - https://amzn.to/2otO67Q

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W