Matérias » Europa

Restos mortais de Francisco Franco estão sendo exumados nesta manhã

Transferência de um mausoléu imponente para túmulo discreto tem dividido opiniões entre a população espanhola

Joseane Pereira Publicado em 24/10/2019, às 08h00

None
- Reprodução/Youtube

Mais de 40 anos após seu funeral imponente, o corpo de Francisco Franco está sendo transferido de um mausoléu no Vale dos Caídos para o discreto cemitério El Pardo-Mingorrubio no centro de Madrid, onde outros políticos estão enterrados. A mudança é uma promessa do governo socialista, para o qual o ex-ditador não deve estar em local onde possa ser glorificado.

Apoiadores de Franco reunidos no lado de fora do cemitério El Pardo / Crédito: REUTERS

 

Após exumação em cerimônia privada, por volta das 8h, horário de Brasília, os membros da família Franco levaram o caixão para fora da basílica do Vale dos Caídos, erguida a cerca de 40 km de Madrid na base de uma montanha. Os restos foram carregados para um helicóptero, e levados ao túmulo particular da família.

Segundo o primeiro-ministro Pedro Sánchez, a exumação é “uma grande vitória para dignidade, memória, justiça e reparação - e, portanto, para a democracia espanhola". O evento está ocorrendo sob alta segurança, acompanhado pelo ministro da Justiça, um padre e 22 descendentes de Franco. No total, a empreitada custará cerca de 63 mil euros, ou 282 mil reais.

O Vale dos Caídos foi construído entre 1940 e 1958 a mando do ditador Franco, e abriga mais de 30.000 vítimas de ambos os lados da Guerra Civil Espanhola. Parcialmente erigido por presos políticos, o local tem sido um ponto de encontro de apoiadores do ditador e partidários de extrema-direita.