Matérias » Nazismo

Rosa Bernile Niernau: a criança de origem judaica que era amiga de Hitler

Registrada em cartas e fotos, essa surpreendente história de amizade foi possível por motivos singulares

Joseane Pereira Publicado em 23/11/2019, às 06h00

Adolf Hitler e Rosa Bernile Nienau
Adolf Hitler e Rosa Bernile Nienau - Domínio Público

Imagens de Adolf Hitler próximo a crianças eram amplamente propagadas durante o regime nazista, para que o público o visse como um líder carismático. Entretanto, essa foto dele com a pequena Rosa Bernile Nienau tem características peculiares: além de demonstrar um apreço genuíno entre os dois, ela esconde o fato de que a avó da menina de seis anos era judia.

AMIZADE IMPROVÁVEL

Adolf Hitler e Bernile se conheceram em 20 de abril de 1933, durante as comemorações do aniversário do ditador em sua residência nos Alpes. O fato de os dois fazerem aniversário no mesmo dia parece ter sido a causa para a aproximação entre os dois: ela e sua mãe Karoline, que estavam no meio da multidão reunida, foram convidadas à residência de Hitler, onde as fotos foram tiradas.

Uma cópia das fotografias, autografada pelo Fuhrer, foi enviada à garota com a seguinte dedicatória: “À querida e apreciada Rosa Nienau. Adolf Hitler. Munique, 16 de junho de 1933". Mais tarde a garota teria adicionado detalhes à foto, desenhando flores no preto e branco.

Fotografia de 1933 / Crédito: Domínio Público

 

De 1933 a 1938, a menina se corresponderia muitas vezes com o “tio Hitler”, como ela o chamava. No total, foram 17 cartas escritas por ela com ajuda de sua mãe, que hoje residem nos arquivos federais de Berlim. O fato de que ela poderia ter ascendência judia já era conhecido por Hitler — entretanto, quando o oficial nazista Martin Bormann ficou sabendo da informação, a garota e sua mãe foram proibidas de aparecer na residência.

Hitler não gostou da interferência, como disse mais tarde ao fotógrafo Hoffmann, segundo o livro Hitler Era Meu Amigo, escrito por ele. "Algumas pessoas têm um verdadeiro talento para arruinar as minhas alegrias".

Em seu livro, de 1955, Hoffmann publicaria uma das fotos com a seguinte legenda: “o amor de Hitler: ele ficava encantado em vê-la, até que algum intrometido descobriu que ela não era de ascendência ariana". Infelizmente, Rosa Niernau não sobreviveu à guerra: faleceu de poliomielite, aos 17 anos, em 1943, uma década após seu primeiro encontro com Hitler.


+ Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo:

A mente de Adolf Hitler: O relatório secreto que investigou a psique do líder da Alemanha nazista, de Walter C. Langer

link - https://amzn.to/35uIKcb

O Carisma de Adolf Hitler, de Laurence Rees

link - https://amzn.to/37pZnHT

O Julgamento de Adolf Hitler: o Putsch da Cervejaria e a Prisão de um dos Homens Mais Emblemáticos da História, de David King

link - https://amzn.to/34bfhEf

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.