Matérias » Espaço

Será possível se isolar da Terra em 2027? Conheça o ambicioso projeto da Voyager Station

Hotel espacial da Orbital Assembly Corporation promete revolucionar o mercado. Saiba mais detalhes!

Fabio Previdelli Publicado em 06/03/2021, às 00h00

Projeto de como será o Voyager Station
Projeto de como será o Voyager Station - Divulgação/ Orbital Assembly Corporation

Quando Neil Armstrong, em 20 de julho de 1969, disse 'um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade' — quando ele foi o primeiro homem a pisar na Lua —, talvez jamais pensasse que em um futuro tão próximo o homem não só realizasse tantas expedições espaciais como fez, quanto pudesse se isolar completamente no espaço.  

Não, não estamos falando de uma expedição longínqua que terá como objetivo explorar um planeta distante e desconhecido, estamos falando sobre algo muito mais próximo a Terra e que será acessível até por pessoas que jamais pensaram em ser astronautas.  

Conheça o ambicioso projeto da Voyager Station! 

Com a pandemia que avança de maneira descontrolada em muitos países, a necessidade de nos isolarmos virou tendência não só para os cuidados com a saúde, mas também em diversas outras áreas, como o turismo, por exemplo.  

Imagens do projeto da Voyager Station / Crédito: Divulgação/ Orbital Assembly Corporation

 

Acontece que, um projeto da Orbital Assembly Corporation (OAC) vai além nesse conceito e planeja isolar as pessoas até mesmo longe do planeta Terra. Achou a ideia ousada demais? Pois saiba que ela já tem, inclusive, data para ser concretizada: 2027. Afinal, é nesse ano que é previsto a inauguração do Voyager Station, o primeiro hotel espacial. 

Uma matéria publicada pelo jornal britânico The Independent, que foi repercutida pelo UOL, explica que o hotel terá a capacidade para receber até 400 pessoas. Entre outras regalias, o estabelecimento não só proverá uma magistral vista para o espaço, obviamente, como também disponibilizará quartos de luxo, bares, spa, cinemas, academias, salas de concerto, restaurantes, bibliotecas e ainda terá um cantinho para que sentir saudades de casa, como salas de observação da Terra.  

Apesar de disponibilizar comodidades vistas em grandes hotéis espalhados pelo mundo, o Voyager Station possui um diferencial jamais imaginado para empreendimentos do seu ramo: sua estrutura arrojada.  

O hotel terá cápsulas individuais presas em uma roda giratória, com tubos que formam um ‘X’ ligando suas diferentes áreas, como se fosse uma espécie de roda gigante espacial. Até o momento, o custo do investimento ainda não foi revelado.  

Porém, sabemos quando o projeto começará a sair do papel, e se engana quem pensa que demorará muito para isso acontecer, já que a OAC anunciou que construção será iniciada já em 2025. 

Projeto de como seria uma cápsula da Voyager Statio / Crédito: Divulgação/ Orbital Assembly Corporation

 

"A estação será projetada desde o início para acomodar tanto as agências espaciais nacionais que realizam pesquisas de baixa gravidade quanto os turistas espaciais que desejam experimentar a vida em uma grande estação espacial com o conforto da baixa gravidade e a sensação de um bom hotel", explica uma nota no site da OAC. 

Além dos aventureiros de plantão, a empresa também planeja vender partes do hotel para agências governamentais que queiram usar o local como um centro de treinamento ou até de proprietários que pensem em criar uma vila a bordo do hotel.  

Muito além de um local de repouso 

Se engana quem pensa que o Voyager Station será ‘apenas’ um hotel espacial, ele permitirá uma jornada ainda mais curiosa pelo espaço, já que, segundo o site oficial da empresa, será capaz de dar uma volta no globo a cada 90 minutos, o que fará com que a rotação do círculo crie uma gravidade artificial semelhante à da Lua.  

Projeto de um dos quartos / Crédito: Divulgação/ Orbital Assembly Corporation

 

“Esta será a próxima revolução industrial”, garantiu John Blincow, fundador da Gateway Foundation, empresa que executará parte da estrutura da Voyager Station. "A Voyager Station é uma estação espacial giratória projetada para produzir vários níveis de gravidade artificial, aumentando ou diminuindo a taxa de rotação. A gravidade artificial, ou simulada, é essencial para a habitação de longo prazo no espaço", completa o site oficial. 


++Saiba mais sobre o universo por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O Universo Numa Casca de Noz, de Stephen Hawking (2016) - https://amzn.to/2ydRqJd

Uma Breve História do Tempo, de Stephen Hawking (2015) - https://amzn.to/3cSYTMm

Um universo que veio do nada, de Lawrence Krauss (2012) - https://amzn.to/35dXFsD

O nascimento do universo, de Judith Nuria Maida e Fernando Vilela (2019) - https://amzn.to/3daLeAH

Universo, de Thmas Eaton (2017) - https://amzn.to/2YiGsge

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W