Matérias » Pré-História

Sexo com cinco espécies diferentes e DSTs: a agitada vida sexual do Homo sapiens

Para entender nosso DNA atual, é preciso voltar no tempo e observar o que nossos antepassados faziam em sua intimidade

Isabela Barreiros Publicado em 19/04/2020, às 09h00

Reconstrução de H. sapiens e Neandertal
Reconstrução de H. sapiens e Neandertal - Wikimedia Commons

Para compreender uma espécie, é preciso entender seus aspectos primordiais: do que se alimenta, o modo de vida, e, ainda, suas práticas sexuais. O modo como os indivíduos se reproduzem — ou não — é essencial para que se possa interpretá-los.

Quanto ao Homo sapiens, isso não é diferente: sua vida sexual muito interessa aos pesquisadores que estudam seus hábitos de vida. Alguns desses conhecimentos só puderam ser entendidos mais atualmente, devido a tecnologia necessária para desenvolver estudos científicos.

Durante a trajetória da espécie, houve um momento em que ela se deslocou para a África. Ao chegarem no leste africano, nossos ancestrais se depararam com várias espécies de hominídeos. Destas, apenas dois grupos são conhecidos: os Neandertais e os Denisovanos. Dessa maneira, eles provavelmente entraram em contato no mesmo território e, mais que isso: um estudo sugere que eles fizeram sexo entre si.

Comparação crânios de homem e o neandertal / Crédito: Wikimedia Commons

 

Segundo Dr. João Teixeira, pesquisador Associado do Conselho Australiano de Pesquisa da Universidade de Adelaide, responsável pelo estudo em questão, “as Ilhas do sudeste da Ásia já estavam lotadas quando os humanos modernos atingiram a região, pouco antes de 50 mil anos atrás. Pelo menos três outros grupos humanos arcaicos parecem ter ocupado a área, e os ancestrais dos humanos modernos se misturaram a eles antes que se extinguissem." 

Assim, a análise realizada pelo Centro Australiano para DNA Antigo da Universidade de Adelaide revelou que os nossos ancestrais cruzaram com pelo menos cinco grupos diferentes, quando saíram do continente Africano e entraram na Eurásia. A conclusão foi feita principalmente a partir da descoberta no genoma humano de traços de espécies, até então, desconhecidas.

Mesmo que fossem geneticamente diferentes, suas histórias se tornaram parte integrante de nossa constituição por meio desses cruzamentos. "Todas as populações atuais mostram cerca de dois por cento da ancestralidade neandertal, o que significa que a mistura neandertal com os ancestrais dos humanos modernos ocorreu pouco depois de deixarem a África, provavelmente entre 50 mil e 55 mil anos atrás, em algum lugar do Oriente Médio", afirmou Teixeira.

E, assim, o pesquisador conclui: "cada um de nós carrega os traços genéticos desses eventos mistos do passado". A afirmação confirma a importância de estudos sobre a vida sexual dos Homo sapiens.

Essas relações, no entanto, muitas vezes deixavam rastros. Outro estudo da área também indicou que o papilomavírus humano, também conhecido como HPV, foi transmitido dos neandertais para os Homo sapiens antigos por meio do sexo, há cerca de 80 mil anos.

Durante esse período de trocas entre as espécies, os descendentes dessas relações foram contaminados com a variante HPV 16 A, que se adaptou à nossa espécie, sofrendo mutações e evoluções ao longo do tempo. Tanto que se manifesta até hoje.


+ Saiba mais sobre o tema por meio das obras disponíveis na Amazon:

Sapiens - Uma Breve História da Humanidade, Yuval Noah Harari  (2015) - https://amzn.to/2RNbwAC

A pré-história passo a passo, Colette Swinnen e Loïc Méhée (2014) - https://amzn.to/2VAquuY

Pré-história: uma breve introdução, Chris Gosden (2012) - https://amzn.to/2wQINUg

Testemunha calada: arte na pré-história, Denise Rochael (2014) - https://amzn.to/2RMfVE1

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du