Matérias » Música

Socos e pontapés: Quando um elevador se tornou pequeno demais para Jay Z e Solange Knowles

A irmã de Beyoncé protagonizou uma discussão com o rapper norte-americano responsável por estampar os tablóides

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 24/07/2021, às 09h00

Jay-Z, Beyoncé e Solange durante premiação
Jay-Z, Beyoncé e Solange durante premiação - Getty Images

Na noite de 5 de março de 2014, o prestigiado Metropolitan Museum of Art, em Nova York, abrigava seu célebre baile de gala, contando com as principais personalidades presentes na comunicação e moda do mundo.

Porém, um casal convidado foi responsável por eternizar um momento bizarro no evento; Jay-Z e a esposa Beyoncésaíam da cerimônia acompanhados da também cantora e irmã da superestrela, Solange Knowles.

Ao contrário do bom-humor apresentado pelo casal na entrada do evento, apresentando seus vestidos no carpete vermelho, a ida foi bem mais conturbada do que a chegada — e quem revelou isso teria sido um funcionário do Standart Hotel, onde a extensão do evento ocorria.

Tendo acesso às câmeras do circuito interno de segurança, o vigia observou os astros em um tumultuado momento pessoal, salvando as gravações e oferecendo para os principais sites de fofocas dos EUA. De acordo com o jornal O Globo, a maior oferta foi arrematada pelo portal TMZ, que pagou US$ 250 mil para poder divulgá-las.

Apesar de ter sido posteriormente demitido pelo hotel, o estrago do funcionário já havia sido feito; o mundo conhecia as imagens de Jay-Z levando socos e pontapés da cunhada Solange enquanto Beyoncé permanecia imóvel.

As imagens do fato

O vídeo divulgado pelo veículo tem pouco mais de 3 minutos e meio, mostrando o casal entrando calmamente no veículo enquanto, exaltada, Solange os acompanha. Poucos segundos após o fechamento da porta, ela inicia uma sequência de golpes e agressões físicas contra o rapper, que apenas tenta desviar e segurá-la.

A cunhada de Jay-Z chega a atirar sua bolsa e teve de ser segurada pelo guarda costas da irmã. Beyoncé, por sua vez, permanece imóvel em grande parte da filmagem, sem dialogar, apartar ou proteger o marido, descansando no canto inferior esquerdo da imagem.

Em vários momentos, o segurança ainda segura o elevador com a intenção de evitar a chegada no saguão e tornar a briga pública, visando a integridade das figuras públicas. Por fim, Solange ainda ataca o músico com a porta aberta no destino final, sendo orientada a sair apenas com a irmã.

O rapper saiu pouco depois, sozinho. Fotógrafos que estavam no local posteriormente revelaram ao TMZ que as irmãs entraram em um carro separado do músico.

 

Declarações do caso

Em comunicado à Associated Press republicado pelo jornal Extra, os envolvidos assinaram uma nota de explicação do caso, lamentando a divulgação: "Mas a coisa mais importante é que a nossa família já superou isso. […] Jay e Solange assumem cada um sua parcela de responsabilidade pelo que ocorreu. Ambos reconhecem seus papéis neste assunto privado que foi jogado ao público. Ambos pediram desculpas um ao outro e seguimos em frente como uma família unida".

O motivo da discussão nunca foi revelado pelos envolvidos, mas foi suficiente para causar um desconforto na famosa família — principalmente por parte de Solange, que ganhou os holofotes como 'agressora'.

Porém, Jay-Z fez questão de falar abertamente sobre o caso pela primeira vez três anos depois, durante sua participação no podcast Rap Radar, como informou o Estadão.

Nós sempre tivemos um ótimo relacionamento. Briguei e ainda brigo com meus irmãos inúmeras vezes, mas continuo os amando. Como somos quem somos, essas brigas sempre tomam uma proporção bem maior do que gostamos. Considero Solange minha irmã e não minha cunhada. Ponto”, concluiu o artista.

+Saiba mais sobre música por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O livro da música clássica, de Vários Autores (2019) - https://amzn.to/2UXEqQy

Como Ouvir e Entender Música, de Aaron Copland (2017) - https://amzn.to/3c8V7ht

Falando de música, de Leandro Oliveira (2020) - https://amzn.to/2xkz6O5

Uma história da música popular brasileira: das Origens à Modernidade, de Jairo Severiano (2013) - https://amzn.to/34wM1sj

Uma breve história da música, de Roy Bennett (1986) - https://amzn.to/3a35ylg

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W