Matérias » Curiosidades

Tem até 'rã zumbi': Conheça os novos anfíbios descobertos na Amazônia

Pertencentes ao gênero Synapturanus, os animais foram identificados por pesquisadores na área do Escudo das Guianas

Pamela Malva Publicado em 09/06/2021, às 21h00

Fotografia de uma Synapturanus mesomorphus
Fotografia de uma Synapturanus mesomorphus - Divulgação/ Senckenberg/ Hölting

Habitados por uma enorme variação de fauna e flora, os mais de 5 milhões de quilômetros quadrados da Amazônia cobrem nove países com sua imponência. São inúmeras espécies de animais e plantas, que parecem ser infinitas para os cientistas.

Por isso, inclusive, é tão difícil identificar novos indivíduos no extenso território da Amazônia que, entre árvores, grama e arbustos, esconde suas muitas riquezas. Para amantes da ciência, contudo, nenhuma missão é impossível demais.

Foi com grande insistência , então, que uma equipe de pesquisadores do Instituto de Pesquisa e Museu de História Natural de Senckenberg, na Alemanha, conseguiu classificar mais três rãs do gênero Synapturanus na região do Escudo das Guianas.

Cachoeira no Parque Nacional da Amazônia, no Pará / Crédito: Jardelsliumba/ Creative Commons/ Wikimedia Commons

 

Achados inesperados

Conhecida por sua riqueza e grandeza, a zona do Escudo das Guianas cobre áreas do Brasil, Guiana, Guiana Francesa e Venezuela, segundo a Revista Galileu. E foi entre os quatro países que os especialistas alemães identificaram três anfíbios inusitados.

Chamadas de Synapturanus mesomorphus, Synapturanus zombie e Synapturanus ajuricaba, as novas espécies serão apresentadas com mais detalhes em um recente estudo, que deve ser publicado ainda em julho no periódico Zoologischer Anzeiger.

Ainda assim, de acordo com a Galileu, a equipe afirmou que classificou as três espécies a partir de 12 diferentes características morfológicas. Isso tudo sem contar as minuciosas análises genéticas realizadas nos curiosos animais encontrados.

Riqueza morfológica

Donas de uma aparência distinta de outras rãs, as Synapturanus são pouco conhecidas, apesar de estarem espalhadas por praticamente todo o planeta. Muito desse cenário quase secreto vem do fato de que elas são bastante difíceis de encontrar.

“Até agora, os cientistas deram pouca atenção a esse gênero”, afirmou o pesquisador Raffael Ernst, integrante do estudo, em nota oficial. “Os habitats são difíceis de acessar e é complicado diferenciar os sons desses animais.”

Habitantes de áreas úmidas, os machos Synapturanus, por exemplo, emitem sons apenas depois de fortes chuvas. Dessa forma, os especialistas em anfíbios só conseguem localizá-los escavando regiões enlameadas, procurando por eles sob a terra molhada.

Fotografia de uma Synapturanus zombie / Crédito: Divulgação/ Antoine Fouquet

 

Dificuldades do estudo

Segundo revelou Raffael Ernst, foi esse mesmo habitat que deu origem ao inusitado nome da Synapturanuszombie, por exemplo. “Todo esse mistério e esse cenário enlameado foi o que nos inspirou a utilizar o nome Synapturanus zombie para uma das novas espécies descobertas na região da Amazônia”, narrou o especialista.

No novo artigo, os estudiosos ainda deixam claro que a nova espécie de “rã zumbi” é alaranjada e mede pouco menos de 4 centímetros. O problema é que identificar suas características é apenas o começo de todo o trabalho dos pesquisadores.

Com as espécies já identificadas, a equipe agora deve continuar investigando o universo das Synapturanus. “Acreditamos que existam seis vezes mais espécies de Synapturanus do que conseguimos descrever até o momento”, pontuou Ernst.

Muito além de classificar os novos anfíbios, contudo, os especialistas ainda devem procurar mais indivíduos do mesmo gênero para compreender se tais espécies estão em perigo de extinção. “Há muito trabalho a ser feito, principalmente porque ainda não conseguimos avaliar de forma conclusiva o status de risco”, explicou Raffael, por fim.


+Saiba mais sobre o tema em grandes obras disponíveis na Amazon:

Alex e eu, por Irene Pepperberg (2009) - https://amzn.to/2ZX0hJf

Terapia assistida por animais, por Marie Odile Monier Chelini, Emma Otta (2015) - https://amzn.to/31Yloxi

O animal social: A história de como o sucesso acontece por David Brooks (2014) - https://amzn.to/2BN0Zke

Hackeando o aprendizado animal, por Lucas Oliveira (2020) - https://amzn.to/3gH6pMd

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W