Matérias » Entretenimento

Tiro acidental e decapitações: 5 grandes nomes de Hollywood que morreram no set de gravações

Enquanto rodavam seus filmes, os ídolos do cinema foram protagonistas de tragédias que colocaram fim em suas carreiras — e em suas vidas

Wallacy Ferrari Publicado em 12/08/2020, às 11h06

Algumas das personalidades listadas como mortos em sets de filmagens
Algumas das personalidades listadas como mortos em sets de filmagens - Divulgação

1. Ken Steadman

Estrela em ‘S.O.S Malibu’ e ‘NYPD Blue’ o jovem ator edificava sua carreira ao aceitar o papel protagonista na série Sliders, em 1996. No terceiro dia de filmagens do episódio “Desert Storm”, tanto a equipe como o elenco estavam preparados para mais uma tarde de gravações. Ken estava em um buggy no deserto de Victorville, na Califórnia, e durante uma das cenas, o veículo capotou.

Ken Steadman no set de Sliders / Crédito: Divulgação

 

Como consequência, foi esmagado e morreu instantaneamente, aos 27 anos de idade. As fitas das filmagens e investigação foram parcialmente ocultas para evitar maiores problemas para a Universal/MCA Television, causando uma briga por respostas partindo da família do artista contra a produtora e distribuidora.


2. Brandon Lee

O promissor filho da lenda do kung-fu Bruce Lee também teve uma misteriosa morte como a do pai, durante a filmagem do filme 'O Corvo', em 1993, faltando apenas 3 dias para o fim das gravações. Em uma cena onde o protagonista enfrentava uma série de tiros e saía ileso, as balas utilizadas para ilustrar eram cenográficas, todas disparadas em sua direção de maneira segura.

O ator Brandon Lee em photoshoot - Divulgação/Twitter

 

Porém, durante uma preparação para rodar a cena novamente, um dos revólveres utilizados na gravação teve a bala trocada por uma verdadeira, já preparada para uma cena seguinte onde realmente seria utilizada. O disparo atingiu o abdômen do ator, que apesar das tentativas de reanimação e retirada da bala alojada entre os órgãos, não resistiu e faleceu com 28 anos de idade. Foram usados dublês para fazer as cenas finais.


3. Jon-Erik Hexum

O galã estadunidense foi vítima da própria imprudência dentro de um set de filmagens; participando da série ‘Retrato Falado’, em 1984, o atraso de uma das gravações se tornou palco para uma tragédia. Entediado, decidiu pegar uma das armas cenográficas dos agentes secretos retratados na produção. Jon, no entanto, não foi avisado que não se tratava de uma arma de brinquedo.

Retrato fotográfico de Jon-Eric Hexum, em 1984 / Crédito: Wikimedia Commons

 

O ator deu um giro na roleta da arma, simulando uma roleta russa, e aos risos, efetuou um disparo contra a cabeça. A Magnum calibre 44 não tinha uma bala real, mas o festim conseguiu perfurar em cheio seu crânio, causando danos graves ao cérebro. A equipe médica ainda tentou recuperar o ator, que não resistiu e faleceu após seis dias, com 26 anos de idade.


4. Vic Morrow

O premiado ator americano foi vítima do episódio tratado como o “mais violento de Hollywood”; durante as gravações de ‘No Limite da Realidade’, em 1983, uma das cenas seriam rodadas com explosões e forte chuva artificial enquanto o personagem de Vic resgatava duas crianças vietnamitas em uma casa no meio de um conflito.

Vic Morrow durante gravação de filme / Crédito: Wikimedia Commons

 

Rodada com um helicóptero de verdade dentro de um set fechado, as explosões cenográficas atingiram o veículo, que tombou de lado e acabou caindo. Vic e uma das crianças foram fatalmente decapitadas pela hélice em movimento. A segunda criança também morreu, sendo esmagada e a afogada pelos destroços do avião debaixo da enchente artificial. O diretor John Landis e o co-diretor Steven Spielberg foram processados e o piloto perdeu a licença de voo.


5. Oliver Reed

A lenda do cinema interpretava Antonio Proximo no posteriormente premiado filme ‘Gladiador’, em 1999. Com um perfil boêmio, o ator relatou para a equipe que estava sóbrio há meses e fazia questão de se abster, porém, não resistiu a uma pausa durante as filmagens — que faltavam três dias para ser concluída — e escapou para um bar em Valetta, capital de Malta.

Oliver Reed no papel de Antônio Proximo / Crédito: Divulgação

 

Em apenas uma tarde, Oliver conseguiu beber oito litros de cerveja alemã, meia garrafa de uísque, doze doses de rum e algumas de conhaque, ganhando uma competição contra militares que o reconheceram no bar. Ainda disputou queda de braço e totalizou a conta em aproximadamente 3 mil reais. Porém, desmaiou repentinamente e morreu a caminho do hospital, aos 61 anos de idade. Seu rosto foi adicionado digitalmente e o roteiro alterado.


+Saiba mais sobre Hollywood por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W