Matérias » Reino Unido

Traições na realeza: o relacionamento do príncipe Charles com Camilla Bowles

A duquesa de Cornualha foi considerada o pivô do fim do casamento de Lady Di

Victória Gearini Publicado em 05/04/2020, às 17h06

Respectivamente Camilla, príncipe Charles e Lady Di
Respectivamente Camilla, príncipe Charles e Lady Di - Creative Commons

Após a morte da princesa Diana, em 1997, Camilla Bowles e o príncipe Charles assumiram o relacionamento discreto, até que em 2005 oficializaram a união, o que a tornou duquesa da Cornualha. Por anos, a amante foi considerada o motivo pelo fim do relacionamento de Charles com Lady Di, o que gerou apreensão por parte da população britânica. 

Nascida Camilla Shand, a atual duquesa era neta do lorde Ashcombe, o que lhe proporcionou um lugar de ascensão na elite britânica. Ainda jovem, estudou nas melhores instituições de ensino de Londres, da Suíça e da França. Nos tempos de folga, a garota passava seus dias com sua família em uma mansão campestre, localizada no condado de Sussex, na Inglaterra. 

Durante uma partida de polo, em 1970, Camilla conheceu Charles, que logo ficou encantado com sua beleza e confiança. Pouco tempo depois tornaram-se íntimos, e Camilla passou a frequentar os apartamentos privados do príncipe. Sem esperanças de ser pedida em casamento, a nobre acabou oficializando a união com o militar Andrew Bowles, com quem teve dois filhos. 

Família real reunida / Crédito: Wikimedia Commons

 

Charles, por sua vez, continuou apaixonado pela mulher, e manteve contato mesmo após o casamento com a princesa Diana, em 1981. Na época, a imprensa chegou a divulgar gravações telefônicas íntimas de Camilla e Charles. Em 1995, a nobre se divorciou de seu marido, um ano antes de seu grande amor e Lady Di. 

Com a morte da princesa, o casal demorou pouco tempo para assumir a união, até que em 1999 planejaram a sua primeira aparição pública juntos. No entanto, o casamento demorou para acontecer, até que no dia 9 de abril de 2005,  Charles e Camilla se casaram em um castelo da família real, em Windsor. A cerimônia teve, ainda, uma bênção religiosa, que a rainha Elizabeth II participou. 

Castelo de Windsor / Crédito: Wikimedia Commons

 

Como ambos eram divorciados, muitas pessoas da alta nobreza questionaram se o casal podia se casar sob os preceitos religiosos e debateram, ainda, qual seria o papel de Charles como futuro governador supremo da Igreja da Inglaterra. Embora as críticas árduas, a união foi acompanhada por mais de 20 mil pessoas que se reuniram na frente do Castelo de Windsor.

Atualmente, a população britânica parece aceitar tranquilamente Camilla, assim como seus enteados William e Harry. Com relação a Charles, ambos demonstram fidelidade e transparecem estarem em um relacionamento estável.  


+Saiba mais sobre o tema por meio de grande obras disponíveis na Amazon:

Diana: Sua verdadeira história em suas próprias palavras, de Andrew Morton (2013) - https://amzn.to/2EhlUt4

Diana. O Ultimo Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Diana (DVD-2014) - https://amzn.to/39jo0qj

A história do século XX, de Martin Gilbert (2017) - https://amzn.to/39hqYeT

Diana, Princesa de Gales / Diana, Princess of Wales (Edição Espanhol), de Marcela Altamirano (2003) - https://amzn.to/2Iem86c

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W