Matérias » Guerras

A triste história por trás da imagem que abalou o mundo em 2015

O corpo do menino sírio Alan Kurdi foi fotografado na praia de Ali Hoca, na Turquia, depois de tentar fugir da crise humanitária do país com sua família

Isabela Barreiros Publicado em 20/10/2019, às 08h00

None
- Getty Images

A foto do corpo de Alan Kurdi ficou muito conhecida mundialmente. A autoria é da fotógrafa turca Nilüfer Demir, que conseguiu comover muitas pessoas e alguns países para a situação da crise humanitária na Síria.

Alan Kurdi tinha três anos quando morreu em 2015. Ele tentava escapar dos terrores de sua terra natal com sua família, mas apenas seu pai, Abdullah, conseguiu sobreviver à travessia. Pelo menos outras doze pessoas faleceram nos barcos com destino à Grécia.

Isso aconteceu porque o barco em que eles estavam virou, causando o afogamento de diversas pessoas. A mesma coisa aconteceu com outro bote que carregava aproximadamente  16 pessoas, uma a menos do que o de Alan.

O corpo foi avistado na praia de Ali Hoca, em Bodrum, na Turquia. Um agente da polícia do país carregou o pequeno menino da areia da praia e a imagem registrada pela fotógrafa tornou-se um dos grandes símbolos do drama enfrentado por refugiados do Oriente Médio.

A Guarda Costeira da Turquia afirmou que até maio de 2015, eles resgataram 42 mil pessoas fazendo a travessia pelo Mar Egeu.

Os refugiados estavam fugindo da crise humanitária que aflige a Síria. O plano da família de Alan era ir até a ilha de Kos, na Grécia, para de lá partir para o Canadá, onde possuíam família. "Recebi uma oferta do governo do Canadá para morar lá, mas depois do que aconteceu não quero ir”, disse Abdullah, pai do menino.

"Nós queremos a atenção do mundo, assim poderemos prevenir que o mesmo não aconteça com outras pessoas. Deixem que esse caso seja o último”.


Saiba mais sobre a vida de refugiados:

1. Refugiados: A Última Fronteira: Todos nós deveríamos poder mudar seguindo o vento e o coração, de Kate Evans (2018) - https://amzn.to/2qjzwAj

2. Direitos Humanos e Refugiados, de Viviane Mozine Rodrigues (2019) - https://amzn.to/31skh4X

3. Refugiados - o Grande Desafio Humanitário, de Gilberto M. A. Rodrigues (2019) - https://amzn.to/32FvwIA

4. Estranhos à nossa porta, de Zygmunt Bauman (2017) - https://amzn.to/2VUx3rO 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível de produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.