Matérias » Personagem

Uma hora embaixo d'água: A impressionante história de sobrevivência de Michelle Funk

Funk praticamente 'ressuscitou' após ter ficado mais de uma hora submersa em um riacho gelado em 1986

Giovanna Gomes Publicado em 29/10/2020, às 10h42

Michelle Funk
Michelle Funk - Divulgação

Uma história ocorrida no ano de 1986 impressiona quem se depara com os fatos: Michelle Funk, uma menina então com dois anos e meio de idade, caiu em um riacho e permaneceu submersa por mais de uma hora até que fosse encontrada. Ela estava fria e azul quando os bombeiros a resgataram e não havia sinais de vida. 

No entanto aconteceu algo que mudou o destino da jovem. Nem mesmo os médicos souberam explicar a razão, mas após procedimentos, a menina voltou à vida. 

Uma segunda vida

O acidente ocorreu no dia 10 de junho de 1986 em Salt Lake City, EUA. O irmão de Michelle viu o exato momento em que a menina caiu em um riacho e logo ligou para sua mãe. Ela procurou pela filha durante um período de 4 a 10 minutos e só então ligou para os bombeiros.

Imagem meramente ilustrativa de riacho - Pixabay

 

Segundo o New York Times, a equipe de resgate iniciou uma busca 8 minutos após chegarem ao local. Os bombeiros reduziram a vazão de um reservatório que alimentava o riacho para reduzir o nível da água. Assim, eles puderam avistar a criança. Em um momento desesperador, se depararam com o seu braço saindo da água e logo perceberam que ela estava presa a uma rocha.

Segundo o veículo, a equipe conseguiu retirá-la do local apenas 66 minutos após a ligação da mãe. A esse ponto, a menina já não tinha pulso, não respirava e estava fria e azul. Além disso, suas pupilas estavam muito dilatadas, de modo que havia grande chance de que ela tivesse sofrido um grave dano cerebral. A equipe de resgate começou a reanimação cardiopulmonar e a levou para o hospital de helicóptero.

A técnica de reanimação

O médico que atendeu a menina, o Dr. Bolte, utilizou uma técnica de reaquecimento extracorpóreo: o sangue é bombeado e, consequentemente, aquecido por uma máquina utilizada em cirurgias.

Máquina de Bypass - Getty Images

 

A temperatura de Michelle estava extremamente baixa: 18,8° graus Celsius e “muitos a teriam declarado morta naquele ponto”, disse o Dr. Howard W. Corneli, que atendeu a jovem.

Na sala de cirurgia, os médicos inseriram tubos nas veias da virilha de Michelle e os conectaram à máquina. Assim, sua temperatura lentamente começou a subir.

Quando atingiu 25 graus Celsius, a menina engasgou. Após um momento ela abriu os olhos e em minutos suas pupilas se estreitaram em reação às luzes da sala de cirurgia. Logo depois um fraco batimento cardíaco foi detectado pelos médicos. Cerca de 53 minutos após o início do processo, a criança foi retirada da máquina e levada para uma unidade de terapia intensiva. 

Recuperação
 

Inicialmente, Michelle não conseguiu enxergar, mas com o tempo, começou a melhorar. Duas semanas após o ocorrido, ela conseguiu ver os pais e sorriu para eles. E foi fazendo pequenos avanços. Em três semanas a menina foi capaz sussurrar algumas palavras. Nas quatro semanas seguintes ela conseguiu formular pequenas fases e sentar-se por no máximo 10 segundos.

Michelle deixou o hospital mais de dois meses após o acidente, totalmente recuperada, estando apenas com um leve tremor nas mãos, que logo desapareceu. 

Segundo os médicos, a única explicação para o caso é que a menina deve ter ficado profundamente hipotérmica em um processo que se deu de maneira muito rápida, o que teria evitado danos cerebrais.


+Saiba mais sobre a medicina por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Medicina Macabra, de Morris Thomas (2020) - https://amzn.to/2RzES5S

Medicina Dos Horrores, de Lindsey Fitzharris (2019) - https://amzn.to/2uEVDDw

Cambridge - História da Medicina, de Roy Porter (2008) - https://amzn.to/38ZeyHN

Doenças que mudaram a história, de Guido Carlos Levi (2018) - https://amzn.to/33woA1R

A grande mortandade, de John Kelly (2011) - https://amzn.to/2vsqnZa

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W