Matérias » Brasil

“Verão da Lata”: Em 1987, 22 toneladas de maconha foram encontradas nas praias dos Brasil

O episódio inusitado levou centenas de pessoas ao litoral do Rio de Janeiro e São Paulo, procurando pelas latinhas com erva

Joseane Pereira Publicado em 24/07/2020, às 14h00

Latas encontradas no litoral brasileiro em 1987
Latas encontradas no litoral brasileiro em 1987 - Divulgação/Youtube

Imagine se deparar com 18 latas de metal boiando à beira da praia. O episódio, ocorrido em 25 de setembro de 1987 no município de Maricá, Rio de Janeiro, já seria curioso por si só. Mas um detalhe acabou marcando o acontecimento na história brasileira: cada uma das latas continha cerca de 1,5 kg de maconha. E muitas outras ainda seriam encontradas.

Latas no litoral

Espantados após abrir uma das latas, pescadores locais entregaram os objetos à Polícia Militar. Os policiais já estavam esperando uma notícia desse tipo, pois em agosto daquele ano os Estados Unidos enviaram um comunicado oficial ao Brasil, alertando que o navio Solana Star, vindo da Austrália, estava no Rio de Janeiro com 22 toneladas de erva contrabandeada.

Com objetivo de repassar o conteúdo para barcos que iriam a Miami, a tripulação acabou jogando todo seu conteúdo no mar após perceber que estava sendo procurada. E as cerca de 15 mil latas foram aos poucos sendo localizadas nas praias cariocas e paulistas.

Latas com maconha encontradas no litoral brasileiro / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Pessoas iam à praia “caçar” as latinhas, apesar do grande medo de ser pego pela polícia naquela época de transição entre o período ditatorial e a democracia brasileira. “Tinha porrada mesmo, ninguém gostava de maconheiro, principalmente a polícia. Era um período pós-ditadura, então as pessoas ainda tinham muito medo”, afirmou o jornalista carioca Wilson Aquino, autor do livro “Verão da Lata”, em entrevista para a UOL.

Após atracar no porto do Rio de Janeiro, a tripulação do Solana Star fugiu do país — com exceção do cozinheiro Stephen Skelton, que foi localizado e condenado a 20 anos de prisão. Entretanto, ele ficou na cadeia por apenas um ano: era impossível comprovar sua relação com as latas do litoral, e a quantidade de maconha encontrada no navio era tão pequena que não fazia sentido condená-lo por tráfico internacional.


+Saiba mais sobre esse tema através das obras abaixo:

1. Verao Da Lata, de Wilson Aquino (2012) - https://amzn.to/2SJo9xF

2. Baseado Na Vida Real A Realidade Sobre A Maconha, de Milton Mussini (2012) - https://amzn.to/35cUUWX

3. O Verao Da Lata, de Oscar Cesarotto (2005) - https://amzn.to/2teP4af

4. História da Maconha no Brasil, de Jean Marcel Carvalho França (2015) -  https://amzn.to/39tfNjS

5. O Fim da Guerra - A maconha e a criação de um novo sistema para lidar com as drogas, de Denis Russo Burgierman - https://amzn.to/2QeBblj

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W