Matérias » Personagem

Vídeo: Há 326 anos, morria Zumbi dos Palmares

Conheça a história de luta e resistência de Francisco em meio ao sistema escravista

Redação Publicado em 21/11/2021, às 09h00

Ilustração de Zumbi dos Palmares
Ilustração de Zumbi dos Palmares - Divulgação/Antônio Parreiras - ARTExplorer/ Domínio Público

Em 2011, foi instaurada no país a lei 12.519. Neste dia, o Brasil relembra a morte de Zumbi dos Palmares, nome que entrou para os livros de História como símbolo da luta contra o sistema escravista.

Nascido na Capitania de Pernambuco, Francisco – que recebeu o apelido Zumbi – se tornou um dos últimos líderes do Quilombo dos Palmares, que era o maior do período. Nasceu livre, contudo, acabou sendo escravizado quando tinha apenas seis anos.

“O Zumbi representa simbolicamente uma voz, uma força, que se levanta em um sistema escravista e colonial”, explica ao site Aventuras na História, a ficcionista Carla Caruso, autora do livro Zumbi: O último herói dos Palmares. “Ele lutou para manter esse sistema fora do sistema”.

A vida de Zumbi ainda hoje intriga, afinal, existem poucos relatos sobre a vida do homem que se tornaria um herói.

"Pouco se sabe sobre sua vida e morte [de Zumbi], pois não existem muitos relatos e algumas fontes sobre sua trafegaria são lacunares ou superficiais", diz o professor de História, Sociologia, Filosofia e Atualidades Fernando Costa, que leciona cursos on-line e oferece conteúdos gratuitos para alunos no Youtube.

No dia da morte de Zumbi dos Palmares, o site Aventuras na História relembra sua saga em um vídeo especial.

Confira abaixo!