Brasil

Site da Anvisa é invadido por hackers e formulário é trocado por bandeira da Argentina

O transtorno se deu três dias após a agência ter cancelado a partida de futebol entre Brasil e Argentina

Giovanna Gomes, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 09/09/2021, às 12h10

Na imagem, mensagem com bandeira da Argentina
Na imagem, mensagem com bandeira da Argentina - Divulgação/Anvisa

O site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, foi invadido por hackers na última quarta-feira, 8. Conforme informado pelo Olhar Digital, a área para emissão da Declaração de Saúde do Viajante (DSV), que antes possuía um formulário, passou a apresentar uma imagem da bandeira da Argentina. Apesar do transtorno, a situação já se encontra normalizada.

Conforme a fonte, o ataque se deu três dias após a agência suspender o jogo entre Brasil e Argentina em razão de fraudes no DSV de quatro jogadores argentinos. Ao constatar o problema, um funcionário da Anvisa foi até o campo da Neo Química Arena, na Zona Leste de São Paulo, e levou os jogadores que teriam cometido fraude: Emiliano Martínez, Emiliano Buendía, Giovani Lo Celso e Cristian Romero.

Sabe-se que como os atletas jogam em clubes do Reino Unido, as normas emitidas em meio à pandemia de Covid-19 exigem que viajantes dessa região passem um período de quarentena, 14 dias, antes que circulem pelo Brasil. Mas, os jogadores não cumpriram as regras. 

Segundo o site, há a suspeita de que a Associação de Futebol da Argentina (AFA) tenha falsificado os documentos. Porém, o esquema foi descoberto pela Anvisa, que suspendeu a partida. Assim, tudo indica que tenha sido um torcedor argentino insatisfeito com a decisão o responsável pelo ataque ao site. Contudo, não há nada confirmado.