Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Vitrine / Curiosidades

11 de abril de 1954: O dia mais sem graça da história

Uma pesquisa feita por um programa da Universidade de Cambridge aponta que 11 de abril de 1954 foi a data mais sem graça da história

Rafaela Bertolini, sob a supervisão de Isabella Bisordi Publicado em 28/07/2022, às 18h10

Imagem meramente ilustrativa - Imagem de Andreas Lischka por Pixabay
Imagem meramente ilustrativa - Imagem de Andreas Lischka por Pixabay

Você sabia que 11 de abril de 1954 é o dia mais sem graça de toda a história do mundo? Essa afirmação foi feita através de uma pesquisa de um programa feito pela Universidade de Cambridge, que analisou fatos que envolviam pessoas, lugares e eventos para bater o martelo nesta questão.

Segundo o jornal britânico The Telegraph, o programa da universidade foi nomeado como True Knowledge e foi criado pelo pesquisador William Tunstall-Pedoe, que desenvolveu um software com a finalidade de responder perguntas simples em inglês através de uma base de dados sobre diferentes fatos.

Foi através da análise desse software que os pesquisadores do programa chegaram à conclusão de que 11 de abril de 1954 foi o dia mais chato da história. Isso porque nesse dia, ninguém que se tornaria importante no mundo nasceu ou morreu, além de que não houve nenhuma notícia bombástica que movimentou a mídia. 

De acordo com a revista norte-americana The Atlantic, Tunstall-Pedoe publicou em 2010 um artigo em seu blog que explicava um pouco mais sobre como o True Knoledge definiu 11 de abril de 1954 como uma data sem graça:

Ocorreu-nos que com mais de 300 milhões de fatos, uma grande porcentagem dos quais ligam eventos, pessoas e lugares a pontos no tempo, poderíamos calcular de maneira única uma resposta objetiva à pergunta 'Qual foi o dia mais chato da história?'. Por diversão, escrevemos um script para escanear todos os dias (desde o início do século 20) e colocá-lo em prática.

Em 2012, cinco anos após o início do grupo, o projeto True Knowledge pode desenvolver sua própria inteligência artificial, que foi lançada no mercado como Evi. O software foi apresentado como uma programa para que as pessoas possam se comunicar usando linguagem natural através de um aplicativo no iOS ou no Android.

Meses mais tarde, Evi foi comprado pela Amazon, que integrou o software em seus investimentos, o que tornou o projeto uma peça importante para a criação da Alexa, a famosa assistente virtual da empresa.


+Saiba mais sobre inteligência artificial através de obras disponíveis na Amazon:

Inteligência Artificial, de Peter Peter Norvig (2013) - https://amzn.to/3SbL4Os

Inteligência Artificial - Uma Abordagem de Aprendizado de Máquina, de Vários Autores (2021) - https://amzn.to/3OJ6C2f

Introdução à Inteligência Artificial: uma Abordagem Não Técnica, de Tom Taulli (2020) - https://amzn.to/3Sb7b7K

Inteligência artificial, de Kai-Fu Lee (2019) - https://amzn.to/3OMvFRL


+Adquira dispositivos com Alexa através da Amazon:

Echo Dot (4ª Geração) - https://amzn.to/3vpqwIN

Echo Buds (2ª Geração) - https://amzn.to/3PYIbyI

Echo Studio - https://amzn.to/3S2XHLX

Echo Show 10 - https://amzn.to/3Q6ZUUR

Novo Echo Show 8 (2ª Geração) - https://amzn.to/3JhaYfJ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data de publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime - https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis - https://amzn.to/2yiDA7W