Vitrine » Cultura

4 máquinas do tempo modernas inspiradas na obra de H. G. Wells

O romance “Máquina do Tempo”, de 1895, foi responsável por revolucionar a viagem temporal na cultura pop

Rafaela Bertolini, sob a supervisão de Isabella Bisordi Publicado em 06/12/2021, às 19h05

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Imagem de prettysleepy1 no Pixabay

Na cultura pop, viagens no tempo são recorrentes nos mais diversos enredos. Na mais longa série de ficção científica “Doctor Who”, ela é o objeto principal da história. A clássica trilogia de filmes dos anos 80 “De Volta Para O Futuro” não seria nada sem os saltos no tempo dentro do DeLorean. Mas você já parou para pensar onde tudo isso iniciou? Quando a viagem no tempo foi introduzida na cultura pop?

O livro “Máquina do Tempo”, de H. G. Wells, foi lançado em 1895 para mudar o curso da ficção científica para sempre. Adaptado duas vezes para o cinema, a obra serviu de inspiração para todas as produções ficcionais que abordam a viagem no tempo por ter sido o romance que definiu como conhecemos essas histórias atualmente.

A Aventuras na História irá te levar para conhecer outras “máquinas do tempo” e histórias temporais que carregaram a influência de H. G. Wells para o mundo moderno. Confira:

TARDIS, de “Doctor Who”

A grande cabine telefônica azul da antiga Londres ganhou um novo significado com a série Doctor Who, uma das maiores e mais longas produções de ficção científica para a televisão, tendo 58 anos de história para ser contada. A TARDIS é uma máquina do tempo cujo seu interior é maior que o exterior (maior por dentro, como dito na série) que permite que o Doutor e seus companheiros viagem pelo espaço e tempo em um piscar de olhos.

Imagem de aitoff no Pixabay
Imagem de aitoff no Pixabay

 


DeLorean, de “De Volta Para o Futuro”

A trilogia oitentista “De Volta Para o Futuro” é o encontro perfeito entre ficção científica e humor, onde sua história é narrada entre saltos temporais para o passado e futuro, sem esquecer das consequências de suas ações no tempo e os paradoxos criados por eles. A máquina do tempo construída pelo Dr. “Doc” Emmett Brown dentro do carro DeLorean foi evoluindo com o passar da trilogia, mas o seu conceito inicial jamais mudou. Uma vez que o carro atingisse 141 Km/H, ele seria conectado com a viagem no tempo, permitindo que o passageiro a bordo se transporte para o passado ou futuro.

Crédito: Imagem de dtavres no Pixabay
Crédito: Imagem de dtavres no Pixabay

 


Vira-tempo, de "Harry Potter"

No seu terceiro ano em Hogwarts, Hermione Granger recebe um presente da vice-diretora da escola para conseguir acompanhar todas as aulas disponíveis para sua turma sem abrir mão de nenhum. A partir do vira-tempo, que permite a viagem no tempo, surge um dos momentos mais icônicos da saga Harry Potter. No livro “Prisioneiro de Azkaban'', Harry e Hermione viajam no tempo para salvar Sirius Black do Dementador, após ele ter sido capturado nos arredores de Hogwarts como um fugitivo da prisão máxima dos bruxos, Azkaban.

Crédito: Reprodução / Warner Bros
Crédito: Reprodução / Warner Bros

 


A máquina do tempo de Tony Stark, de "Vingadores: Ultimato"

A introdução do multiverso e das linhas temporais no Universo Cinematográfico da Marvel iniciou com a estreia do filme “Doutor Estranho” em 2016. No entanto, o capítulo final que fecha todos os filmes lançados pela Marvel antes de 2019, “Vingadores: Ultimato”, trouxe um fator para fazer com que os heróis pudessem derrotar o vilão Thanos: a viagem no tempo. Com uma máquina construída por Tony Stark em combinação com a van construída por Hank Pym em “Homem-Formiga e a Vespa” que permite o acesso ao Reino Quântico. No entanto, o que foi controverso no enredo foi a impossibilidade da criação de paradoxos com as alterações na linha do tempo.

Crédito: Reprodução / Marvel Studios
Crédito: Reprodução / Marvel Studios

 


+ Saiba mais sobre viagens no tempo através de grandes obras disponíveis na Amazon:

A Máquina do Tempo: First Edition, de H. G. Wells (2021) - https://amzn.to/3lEDw8w

A máquina do tempo: edição comentada, de H. G. Wells (2019) - https://amzn.to/3dpW8V7

Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban, de J. K. Rowling (2017) - https://amzn.to/3dmtCUx

De Volta Para o Futuro - Os Bastidores da Trilogia: O futuro é agora!, de Caseen Gaines (2015) - https://amzn.to/32Z3z3D

Doctor Who: 12 Doutores, 12 histórias, de Vários Autores (2014) - https://amzn.to/3pPjERt

Vingadores ultimato: O anjo pirata, a árvore falante e o capitão guaxinim, de Steve Behling (2020) - https://amzn.to/3rChHKx

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W