Vitrine » Literatura

De Álvares de Azevedo a Sylvia Plath: 5 escritores que morreram precocemente

Saiba mais sobre a vida e morte de autores promissores que tiveram a vida interrompida cedo

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 25/10/2021, às 16h16

Álvares de Azevedo (à esq.) e Sylvia Plath (à dir.)
Álvares de Azevedo (à esq.) e Sylvia Plath (à dir.) - Domínio Público, via Wikimedia Commons / Giovanni Giovannetti / Grazia Neri

Ao longo da História, a Literatura nacional e internacional foi contemplada por grandes obras de diferentes autores. Contudo, embora tenham marcado a história da Literatura, nem todos os escritores tiveram uma carreira longa, e vieram a falecer ainda jovens. 

Pensando nisso, o site Aventuras na História selecionou 5 escritores promissores que morreram de forma prococe. 

Confira abaixo:

1. Casimiro de Abreu 

Representante da segunda geração de romantismo, no Brasil, Casimiro de Abreu nasceu em Barra de São João, Rio de Janeiro, em 1839. Devido ao seu notório sucesso, o escritor tornou-se um dos poetas mais populares de sua época.

Escritor Casimiro de Abreu / Crédito: Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

Em 18 de outubro de 1860, o escritor veio a falecer aos 21 anos, em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. A causa da morte foi em decorrência de complicações geradas por uma tuberculose, assim como muitos de seus colegas daquele período. 


2. Álvares de Azevedo 

Nascido em São Paulo, em 1831, o escritor brasileiro tinha domínio da língua portuguesa e sabia falar francês, inglês e latim. Considerado um dos escritores mais importantes do ultrarromantismo, Álvares de Azevedo escreveu grandes obras, como: "Lira dos Vinte Anos"; "Poesias Diversas"; "O Poema do Frade"; "Macário" e "Noite na Taverna".

Álvares de Azevedo, autor de "Noite na taverna" / Crédito: Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

A vida do autor foi interrompida no fatídico dia 25 de abril de 1852, aos 20 anos. Vítima de uma infecção, ainda hoje sua morte gera especulações. Contudo, sabe-se que Álvares de Azevedo acreditava que uma maldição o cercava, após pessoas próximas falecerem pouco antes dele.


3. Sylvia Plath

A contista norte-americana, Sylvia Plath nasceu em Boston, Estados Unidos, em 1932. Considerada uma escritora promissora, ela é conhecida, ainda, por dar continuidade ao gênero de poesia confessional.

Escritora Sylvia Plath / Crédito: Giovanni Giovannetti / Grazia Neri, via Wikimedia Commons

 

Em seu romance semi-autobiográfico, ela escreveu sob o pseudônimo Victoria Lucas, onde conta detalhes sobre a sua luta contra a depressão. Todavia, Plath foi tomada pela dor profunda e no trágico dia 11 de fevereiro de 1963 ela tirou a própria vida, aos 30 anos.


4. Castro Alves

Conhecido como o "Poeta dos Escravos", Castro Alves foi um escritor romântico e abolicionista, nascido em 1847, na vila de Curralinho — hoje em dia chamada de Castro Alves, Bahia.

Castro Alves, escritor brasileiro / Crédito: Domínio Público, via Wikimedia Commons

 

Representante da Terceira Geração Romântica no Brasil, o escritor abordava em suas poesias os inúmeros problemas sociais da época. Todavia, ele veio a falecer aos 24 anos, no dia 6 de julho de 1871, vítima de tuberculose.


5. Emily Brontë

Nascida em 1818, no vilarejo de Thornton, na Inglaterra, Emily Brontëcomeçou a escrever quando tinha apenas 13 anos. Suas inspirações incluiam textos de Lord Byron e Mary Shelley. Todavia, a autora só publicou dois livros ao longo de sua vida: "O Morro dos Ventos Uivantes" e "Jane Eyre", escrito em parceria com suas irmãs, Charlotte e Anne.

 

Conhecida por ser tímida e reclusa, a escritora nunca viu a dimensão do seu sucesso. Infelizmente, ela veio a falecer no dia 24 de setembro de 1848, aos 30 anos, devido a complicações geradas pela tuberculose. 


+Saiba mais sobre grandes obras dos escritores listados acima: 

Melhores Poemas Casimiro de Abreu, de Casimiro de Abreu (2000) - https://amzn.to/3CgW050

Noite na taverna, de Álvares de Azevedo (2019) - https://amzn.to/3pxkYtz

Diários de Sylvia Plath: 1950-1962, de Sylvia Plath (2017) - https://amzn.to/3BdyHYG

O Navio Negreiro, de Castro Alves (2013) - https://amzn.to/3nvjDka

O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë (2020) - https://amzn.to/3jyDKwE

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W