Vitrine » Literatura

De Angela Davis a Carolina Maria de Jesus: 10 obras memoráveis de escritoras negras

Confira livros fundamentais de autoras que abordam temas essenciais como a luta racial, de gênero e classe

Victória Gearini Publicado em 09/06/2020, às 16h07

Angela Davis a Carolina Maria de Jesus, respectivamente
Angela Davis a Carolina Maria de Jesus, respectivamente - Creative Commons

A luta racial de gênero e classe é essencial para compreender a desigualdade eminente na sociedade pós-moderna, consequência do racismo e construção histórica de diversos países. 

Pensando nisso, a Aventuras na História selecionou 10 obras fundamentais de escritoras negras para entender as nuances das opressões. Confira abaixo os livros disponíveis na Amazon:

1. Mulheres, raça e classe, de Angela Davis (2016) - https://amzn.to/3fkhken

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Considerada a obra mais famosa de Angela Davis, Mulheres, Raça e Classe traça uma relação entre a luta anticapitalista, com o movimento feminista e antirracista. Publicado originalmente em 1981, este livro indaga uma profunda reflexão dos impasses gerados pelo sistema capitalista, que é sustentado pelo racismo e sexismo, excluindo mulheres e negros da sociedade. 


2. Pequeno manual antirracista, de Djamila Ribeiro (2019) - https://amzn.to/3hc9p4j

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Escrito pela filósofa brasileira e ativista feminista Djamila Ribeiro, este pequeno manual retrata assuntos como racismo, negritude, violência racial e cultura. Ao longo de onze capítulos concisos, a obra procura refletir questões profundas sobre discriminações raciais, responsabilizando o Estado pela necropolitica. 


3. Filhos de sangue e osso, de Tomy Adeiemi (2018) - https://amzn.to/2AXoWEI

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Filhos de Sangue e Osso é o primeiro romance da trilogia baseada na cultura iorubá. Esta obra retrata a história de Zélie Adebola, que relembra momentos memoráveis de sua vida. No entanto, tudo muda por completo quando sua magia desaparece. A partir disso, a jovem vê seu povo ser morto a mando de um rei cruel, levando Adebola a jurar derrotar a monarquia. 


4. Úrsula, de Maria Firmina dos Reis (2018) - https://amzn.to/2Abztw1

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Lançado originalmente em 1859, o livro é o primeiro romance publicado por uma mulher no Brasil, e o primeiro romance abolicionista da Literatura nacional. Esta narrativa conta a história de amor entre Úrsula e Tancredo, ambientado em uma sociedade racista e escravocrata.


5. O feminismo é para todo mundo: Políticas arrebatadoras, de Bell hooks (2018) -https://amzn.to/3hca7P1

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Considerada uma das maiores intelectuais norte-americanas, a renomada escritora Bell Hooks apresenta, nesta obra, a origem do sufragismo e o compromisso do feminismo em combater a exploração sexista eminente na sociedade. Além disso, a autora retrata outros assuntos, como: políticas públicas, luta de classes, raça e gênero. 


6. A cor púrpura, de Alice Walker (2009) - https://amzn.to/30sk45c

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Inspiração para a produção cinematográfica de Steven Spielberg e vencedora do Prêmio Pulitzer, em 1983, esta obra conta a dura trajetória de Celie, uma mulher negra vivendo nos Estados Unidos durante a primeira metade do século 20. O emocionante romance é construído a partir das cartas escritas pela personagem, que relatou todo o racismo que sofreu ao longo de sua vida.  


7. Chica Da Silva - Romance De Uma Vida, de Joyce Ribeiro (2016) - https://amzn.to/2YpyRuO

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Chica da Silva é uma personagem forte que, ao longo de sua vida, enfrentou inúmeros obstáculos gerados pelo racismo. No entanto, sempre manteve sua missão ativa: sobreviver e acreditar em si mesma. A obra eletrizante apresenta, ainda, a luta contra a servidão e o comodismo da sociedade. 


8. O ano em que disse sim, de Shonda Rhimes (2016) - https://amzn.to/3dRD2WK

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Embora fosse uma pessoa tímida e introvertida, Shonda Rhimes decidiu encarar o desafio de dizer “sim” para tudo o que aparecesse em sua vida, durante um ano. Neste período, a autora descobriu o amor próprio e se entregou ao empoderamento feminino. De caráter autobiográfico, este livro representa um quebra de paradgmas sociais. 


9. O ódio que você semeia, de Angie Thomas (2017) - https://amzn.to/2XOOIDX

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Adaptado para os cinemas em 2018, o livro aborda de maneira crítica o racismo eminente na sociedade. Por meio de uma linguagem direta e firme, Angie Thomas retrata a história de Starr, que desde muito cedo aprendeu a lidar com a opressão policial. No entanto, após ser parada pelas autoridades, a jovem vê seu melhor amigo ser morto, o que muda sua vida por completo. 


10. Diário de bitita, de Carolina Maria de Jesus (2014) - https://amzn.to/2AjbuuJ

Crédito: Divulgação / Amazon

 

Considerada uma das maiores escritoras nacionais, Carolina Maria de Jesus resgatou, nesta obra, todas as suas memórias da infância e adolescência, quando trabalhou em fazendas colonas. Por meio de relatos fortes e emocionantes, aborda temas como a desigualdade social, a opressão de gênero, o racismo e os abusos cometidos por supremacistas brancos, a partir da perspectiva da autora.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

1. Mulheres, raça e classe, de Angela Davis (2016) - https://amzn.to/3fkhken

2. Pequeno manual antirracista, de Djamila Ribeiro (2019) - https://amzn.to/3hc9p4j

3. Filhos de sangue e osso, de Tomy Adeiemi (2018) - https://amzn.to/2AXoWEI

4. Úrsula, de Maria Firmina dos Reis (2018) - https://amzn.to/2Abztw1

5. O feminismo é para todo mundo: Políticas arrebatadoras, de Bell hooks (2018) -https://amzn.to/3hca7P1

6. A cor púrpura, de Alice Walker (2009) - https://amzn.to/30sk45c

7. Chica Da Silva - Romance De Uma Vida, de Joyce Ribeiro (2016) - https://amzn.to/2YpyRuO

8. O ano em que disse sim, de Shonda Rhimes (2016) - https://amzn.to/3dRD2WK

9. O ódio que você semeia, de Angie Thomas (2017) - https://amzn.to/2XOOIDX

10. Diário de bitita, de Carolina Maria de Jesus (2014) - https://amzn.to/2AjbuuJ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W