Vitrine » Europa

O que sabemos até agora sobre os 39 cadáveres encontrados em caminhão no Reino Unido

As investigações apontam que há uma máfia especializada no tráfico de pessoas provindas da Ásia, África e Oriente Médio, com destino para a Europa

Victória Gearini Publicado em 31/10/2019, às 08h00

Caminhão encontrado com 39 corpos em Essex, no Reino Unido
Caminhão encontrado com 39 corpos em Essex, no Reino Unido - ITV London

No dia 23 de outubro 39 corpos foram encontrados dentro de um caminhão localizado em Essex, no Reino Unido. O motorista foi detido e acusado de assassinato, além de participar de uma organização criminosa especializada em tráfico humano.

NACIONALIDADE DAS VÍTIMAS

A polícia britânica informou que recebeu um chamado do serviço de ambulâncias, por volta das duas horas da manhã, informando terem encontrado 39 corpos dentro do refrigerador de um caminhão, no parque industrial de Waterglade.

Até o momento sabe-se que a grande maioria das vítimas são vietnamitas, sendo 31 homens e oito mulheres. As autoridades informaram ainda que o corpo de um adolescente foi encontrado junto aos demais.

Em uma coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira, 25, a vice-chefe de polícia, Pippa Mills informou que as autoridades estão trabalhando em conjunto com a Agência Nacional de Crimes, o Ministério do Interior, o Ministério de Relações Exteriores e da Commonwealth, a Força de Fronteira e a Imigração.

A responsável pela investigação pediu ainda para as pessoas não especularem suas identidades. "Demos uma orientação inicial na quinta-feira sobre a nacionalidade, no entanto, este é agora um quadro em desenvolvimento", disse ela.

O governo do Vietnã declarou estar trabalhando em conjunto com o Reino Unido para identificar os corpos e informou que o governo britânico enviou os documentos de quatro vítimas.

MOTORISTA PRESTA NOVOS DEPOIMENTOS

Na última segunda-feira, 28, as autoridades informaram que o motorista deste caminhão, Maurice Robinson, 25, prestou depoimento por vídeo. Até o momento sabe-se que ele permanecerá preso até o dia 25 de novembro e que não pediu para sair sob fiança. O caso será julgado pela principal corte criminal do país.

“Isso envolve uma rede global que facilita a movimentação de um grande número de imigrantes para o Reino Unido”, disse o promotor Ogheneruona Mercy Iguyovwe.

TRÁFICO HUMANO COM DESTINO PARA EUROPA

Elas teriam sido traficadas do Vietnã para a Europa, sendo o principal destino o Reino Unido. Nos últimos 10 anos, as autoridades britânicas divulgaram que mais de 3 mil vietnamitas estariam no país como possíveis vítimas do tráfico.

Segundo o relatório, o trajeto dos imigrantes chega a durar anos até o destino e muda de acordo com a vigilância nas diferentes fronteiras. Ainda no Vietnã, as famílias pagam o equivalente a 158 mil reais para migrar ilegalmente do país para Europa.

Muitas contraem dívidas enormes e passam a ser obrigadas a trabalharem para as máfias. Em geral, pessoas provindas da Ásia, África e Oriente Médio são os principais alvos de traficantes.

CASO SEMELHANTE OCORRIDO NA BÉLGICA

Segundo a polícia local da província belga de Antuérpia, 12 homens de descendência síria e sudanesa também foram encontrados dentro de um caminhão refrigerado, em um estacionamento.

A porta-voz da federação belga de transportes Febetra informou que até o momento não se sabe o destino do caminhão, mas disse que os refrigerados são os mais alvejados pelos traficantes isso porque são fáceis de contornar os scanners de calor.