Vitrine » Personagem

Biografia de Renato Russo é lançada em uma edição comemorativa aos 60 anos do artista

A obra O Trovador Solitário, do jornalista Arthur Dapieve revela a vida íntima de um dos maiores músicos brasileiros

Victória Gearini Publicado em 14/04/2020, às 20h10

Cantor brasileiro Renato Russo
Cantor brasileiro Renato Russo - Wikimedia Commons

Em 2020, o músico brasileiro Renato Russo completaria 60 anos se estivesse vivo. Em homenagem ao artista, o jornalista Arthur Dapieve dedicou-se a escrever sua biografia, que foi intitulada de Renato Russo: O Trovador Solitário. Segundo o escritor, o cantor tinha planos, ainda, de investir em sua carreira nos cinemas e na Literatura. 

Publicada originalmente em 2000 — após quatro anos da morte de Renato — a obra Renato Russo: O Trovador Solitário é relançada, em 2020, pela Agir em uma edição comemorativa. O livro contém, ainda, um prefácio do autor e uma foto de capa inédita de Maurício Valladares. Por meio de uma análise esplêndida e completa, o autor faz o leitor visitar profundamente a casa em que Renato cresceu — localizada na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro — e resgata suas maiores referências artísticas. 

“Os que foram apresen­tados à Legião pelos pais — ou pelas rádios ou pelos serviços de strea­ming — podem ter chegado tarde para ver Renato em carne e osso, mas sentem que suas músicas lhes servem de testamento”, diz Arthur Dapieve.

Álbum de estúdio de Renato Russo / Crédito: Wikimedia Commons

 

Num segundo momento, o autor conduz a leitura para a chegada do músico em Brasília, mostrando sua importância para a formação do cenário do punk local. Entre as inúmeras histórias inéditas, estão os momentos da banda Aborto Elétrico, a qual o cantor começou sua carreira como músico. 

A obra conta em detalhes suas relações familiares, e resgata, ainda, os bastidores de gravações, shows e viagens, mostrando como todos esses fatores influenciaram para a sua depressão e agravaram seus vícios no uso de drogas e álcool. 

Banda Legião Urbana / Crédito: Wikimedia Commons

 

O autor retrata como Renato Russo lidava com o preconceito por ser homossexual, e mostra com a sociedade encarou sua morte prematura em decorrência de complicações do HIV. “Os que acompanhamos a sua carreira desde o início, amadurecemos — ou ao menos envelhecemos — com a sensação de termos perdido algo muito precioso em 1996”, escreveu o jornalista no livro. 

Escrito em formato de reportagem, esta biografia memorável reúne diversas imagens exclusivas das diferentes fases da vida do cantor e compositor. Além disso, constitui uma grandiosa homenagem ao artista que deixou um dos maiores legados na História da música brasileira. 


+Saiba mais sobre o Renato Russo por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

Renato Russo: o trovador solitário: edição comemorativa 60 anos de Renato Russo eBook Kindle, de Arthur Dapieve (2020) - https://amzn.to/2REbMBJ

Só por hoje e para sempre, de Renato Russo (2015) - https://amzn.to/2K3QVn8

O livro das listas - Referências musicais, culturais e sentimentais, de Renato Russo (2017) - https://amzn.to/34G66fR

Renato Russo - O filho da revolução, de Carlos Marcelo (2018) - https://amzn.to/3ab4R9M

Brasil: Cazuza, Renato Russo e a transição democrática: Cazuza, Renato Russo e a transição democrática, de Mario Luis Grangeia (2016) - https://amzn.to/2ybO5tV

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W