Vitrine » Personagem

Quando carta psicografada por Chico Xavier salvou um inocente de ser condenado

"Sou grato a ele (Chico Xavier) porque sem as cartas eu teria ido para a prisão", disse José Divino, em 2010

Victória Gearini Publicado em 02/02/2020, às 18h40

Chico Xavier
Chico Xavier - Wikimedia Commons

Considerado um dos maiores precursores do espiritismo no Brasil, Chico Xavier (1910-2002) ficou famoso após psicografar diversas cartas. Respeitado e admirado, o médium também já foi requisitado para solucionar um crime.

Em maio de 1976, a morte do jovem Maurício, com apenas 15, escandalizou o país. Segundo investigações, o garoto havia sido assassinado pelo seu melhor amigo, José Divino, com até então 18 anos.

[Colocar ALT]
Crédito: Wikimedia Commons

O jovem foi acusado de homicídio doloso, ou seja, quando há a intenção de matar. No entanto, o juiz Orimar de Bastos viu brechas no caso e aceitou como provas válidas, as cartas de Maurício que foram psicografadas por Chico Xavier.

Segundo o médium, a vítima afirmou que José Divino não teve a intenção de matá-lo, infelizmente o disparo foi acidental. Diante desta e outras provas, o juiz absolveu o réu e o caso ganhou destaque nos noticiários internacionais.  

Em uma entrevista exclusiva a Revista Sou Mais Eu! em 2010, José Henrique, pai de Maurício afirmou ser grato ao Chico Xavier por ter solucionado a morte de seu filho.

“Aquela mensagem foi muito dolorosa para mim. Mas graças a ela, e ao trabalho do Chico Xavier, passei por várias transformações pessoais. Restabeleci a comunicação com o meu filho morto, apoiei a absolvição do José Divino e passei a acreditar em vida após a morte”, disse José Henrique à Revista Sou Mais Eu!

José Divino também foi entrevistado pela Revista Sou Mais Eu! e afirmou que ficou feliz ao ser perdoado por Mauricio. Segundo José, eles estavam em casa brincando com a arma de seu pai, quando acidentalmente apertou o gatilho.

“Soube das cartas do Chico Xavier pela imprensa, após a primeira absolvição. Sou grato a ele porque sem as cartas eu teria ido para a prisão. Fico aliviado em saber que o Maurício me perdoou”, disse José Divino à Revista Sou Mais Eu!


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

Ação e Reação, de Chico Xavier (2013) - https://amzn.to/37N1TYE

Chico Xavier (DVD), de Daniel Filho (2019) - https://amzn.to/2uQ9YNx

Boa nova, de Chico Xavier (2013) - https://amzn.to/2GTXxmR

Nosso Lar, de Chico Xavier (2014) - https://amzn.to/2th7NCd

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.