Vitrine » Cultura

Livro-reportagem investiga cenário caótico do narcotráfico brasileiro

Narcoditadura, do jornalista Percival de Souza denuncia a falta de segurança pública no país

Victória Gearini Publicado em 21/10/2020, às 16h46

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Getty Images

Em 2 de junho de 2002, o corpo do jornalista Tim Lopesfoi encontrado no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Na época, o repórter investigativo foi sequestrado, torturado e queimado por traficantes enquanto produzia uma matéria sobre o tráfico de drogas na região. 

O brutal assassinato de Tim Lopes foi amplamente noticiado por diversos veículos jornalísticos nacionais e até mesmo internacionais. Ao todo, nove traficantes foram julgados e condenados por sequetro, tortura e assassinato: Elias Pereira da Silva (Elias Maluco); André da Cruz Barbosa (André Capeta); Cláudio Orlando do Nascimento (Ratinho); Maurício de Lima Matias (Boizinho); Claudino dos Santos Coelho (Xuxa); Elizeu Felício de Souza (Zeu); Ângelo da Silva (Primo); Reinaldo Amaral de Jesus (Cadê); e Fernando Sátyro da Silva (Frei).

[Colocar ALT]
Narcoditadura, de Percival de Souza (2014) / Crédito: Divulgação / Editora Planeta

A perda de Tim Lopes foi irreparável para o jornalismo brasileiro. Produtor da Rede Globo desde 1996, cursou Jornalismo na Faculdade Hélio Alonso e trabalhou em diversos veículos de prestígio, como Folha de S.Paulo, O Dia, Jornal do Brasil e O Globo. Referência no jornalismo investigativo, Tim Lopes foi contemplado, ainda, com o Prêmio Esso, devido a sua coragem e profissionalismo. 

Quase duas década depois do crime, Tim Lopes ainda é lembrado pela sua bravura. Na obra Narcoditadura, do também jornalista Percival de Souza, o autor apresenta o cenário caótico em que a segurança pública do Brasil ainda hoje se encontra. 

O escritor, que possui uma vasta experiência no jornalismo com mais de três décadas na área, apresenta na obra uma pesquisa minuciosa, que revela a dura realidade da sociedade contemporânea. Por meio de seu estilo narrativo e estilístico, Percival de Souza enriquece a obra com importantes indagações que promovem profundas reflexões no leitor. 

Lançada em 2014 pela Editora Planeta, Narcoditadura, de Percival de Souza encontra-se disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum. 

Confira um trecho de Narcoditadura (2014):

“Não havia brilho, só as lágrimas tomavam conta dos olhos de amigos e companheiros de Arcanjo.

Eles estavam reunidos, no mais pesado dos silêncios, contemplando um caixão onde havia apenas pedaços de ossos, porque as carnes haviam sido devoradas dentro de um tonel com borracha de pneus e querosene queimando, para apagar de vez qualquer vestígio de sua existência. Um pedaço desses ossos, o que restou de uma costela, levado para exame de DNA na Universidade Federal do Rio de Janeiro, havia permitido, 33 dias após o seu desaparecimento, a angustiante identificação”.  


+Saiba mais sobre esta e outras obras de Percival de Souza, disponíveis na Amazon: 

Narcoditadura, de Percival de Souza (2014) - https://amzn.to/34jPhbW

O Crime Quase Perfeito, de Percival de Souza (2010) - https://amzn.to/34iPT1S

Autopsia Do Medo, de Percival de Souza (2001) - https://amzn.to/2HoITYl

O Crime Da Rua Cuba, de Percival de Souza (1989) - https://amzn.to/3dIPc4U

Narcoditadura O Caso Tim Lopes, de Percival de Souza (2002) - https://amzn.to/2HoJ6L7

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W