Vitrine » Cultura

Os 174 anos de Bram Stoker e o seu legado deixado através de “Drácula”

O autor e criador de Drácula comemoraria seu aniversário hoje se estivesse vivo

Rafaela Bertolini, sob a supervisão de Isabella Bisordi Publicado em 08/11/2021, às 18h30

Foto de Bram Stoker, criador de Drácula
Foto de Bram Stoker, criador de Drácula - Autor desconhecido / Domínio Público / Via Wikimedia Commons

Bram Stoker é um dos autores clássicos da literatura sombria, e carrega um legado gigante por trás do seu nome. “Pai” do Conde Drácula, Stoker criou no século XIX o que viria a se tornar uma das histórias mais famosas da cultura pop e um grande nome para o universo dos vampiros.

Nascido em Dublin no dia 8 de novembro de 1847, Bram Stoker completaria 174 anos se estivesse vivo hoje. O autor era o terceiro de sete filhos do casal Abraham Stoker e Charlotte M. B. Thornley. Apesar de ter-se consolidado na literatura, Stoker se formou em Matemática e já chegou a ser presidente da Sociedade Filosófica da Trinity College de Dublin, onde estudou.

O seu interesse pelo teatro o levou a se tornar um crítico teatral e, mais tarde, a escrever contos e novelas, alguns levando temáticas históricas como “Impostores Famosos” de 1910 com a teoria de que Isabel I da Inglaterra era um homem disfarçado. Mas nenhum se equipara ao sucesso de Drácula, que consolidou o seu nome.

Stoker inspirou-se em cenários reais e acontecimentos famosos na história do mundo para criar a história do vampiro. Ele ambientou a sua narrativa na Transilvânia sem sequer ter visitado o país, apenas através de pesquisas sobre a região. O lar de Drácula também foi inspirado em um local real: o Castelo de Slains, na Escócia. Ele também utilizou casos como o de “Jack, o Estripador” e a exumação do corpo da esposa de Rossetti, a Elizabeth Siddal, para criar a sua narrativa - destacando a cena da morte da vampira Lucy.

Crédito: Captura do trailer de "Drácula" (1931) / Domínio Público / Via Wikimedia Commons
Crédito: Captura do trailer de "Drácula" (1931) / Domínio Público / Via Wikimedia Commons

O Conde Drácula trouxe um grande legado à cultura pop e, mesmo séculos após seu lançamento, ele ainda está presente no cinema e na literatura, servindo de inspiração para todos os vampiros que vieram depois dele. Durante o século XX, várias adaptações da obra original chegaram aos cinemas, sendo a mais recente dirigida por Francis Ford Coppola, com Gary Oldman, Winona Ryder, Keany Ryder, Anthony Hopkins e Sadie Frost no elenco principal. Drácula também serviu de inspiração para produções como “Nosferatu”, “Van Helsing” e até mesmo a animação infantil “Hotel Transilvânia”.

Bram Stoker veio a falecer em Londres no dia 20 de abril de 1912 antes mesmo de sua maior obra se tornar popular e sem saber que Drácula um dia viria a se tornar um ícone da literatura mundial.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Drácula - Dark Edition, de Bram Stoker (2018) - https://amzn.to/3BUCM4b

2. Drácula - First Edition, de Bram Stoker (2018) - https://amzn.to/3oa5PMn

3. Drácula: edição bolso de luxo, de Bram Stoker (2017) - https://amzn.to/303HaRR

4. Drácula, de Bram Stoker (2019) - https://amzn.to/3BXt692

5. Box Drácula - A estaca de Bram Stoker, de Bram Stoker (2021) - https://amzn.to/3mXRyms

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W