Vitrine » Reino Unido

Por que as crianças do sexo masculino da realeza britânica não usam calças?

O intrigante motivo está diretamente ligado a uma tradição antiga do Reino Unido

Victória Gearini Publicado em 02/07/2020, às 16h44

Príncipe George em seu primeiro dia de aula, usando shorts
Príncipe George em seu primeiro dia de aula, usando shorts - Divulgação / Youtube / Historia Today

Poucas pessoas devem ter reparado em algum momento, que as crianças do sexo masculino da realeza britânica quase nunca são fotografadas usando calças, o que torna a discussão bem intrigante. Segundo o portal Hapers Bazaar há uma explicação plausível para tal fato, atrelado a uma tradição antiga da corte. 

Questão cultural da realeza

Vestir meninos com short é uma cultura da classe alta, da aristocracia e da realeza britânica, caso as crianças do sexo masculino não sigam a tradição são consideradas suburbanas.

"É uma coisa muito inglesa vestir um garoto de short. As calças são para meninos e homens mais velhos, enquanto os shorts para meninos são um daqueles marcadores silenciosos de classe que temos na Inglaterra. Embora os tempos estejam mudando (lentamente), um par de calças em um menino é considerado uma classe bastante média — bastante suburbano. E nenhum aristo ou real que se preze gostaria de ser considerado suburbano. Até a duquesa de Cambridge", disse o especialista em etiqueta William Hanson ao Hapers Bazaar. 

É possível reparar tal fato nas fotos dos príncipes William e Harry: as crianças nunca foram fotografadas com calças.  Esta tradição é tão antiga, que diversos outros homens da família real tiveram que fazê-la, até que fossem considerados maduros o suficiente para poder usar calças compridas. 

Segundo Hanson, a idade apta para um menino usar calças seria por volta dos oito anos de idade. "Isso é, historicamente, talvez devido à prática de 'culatra', que remonta ao século 16. Um menino recém-nascido estaria vestido com um vestido pelo primeiro ou dois anos (esses vestidos sobreviveram como o manto de batizado moderno). E então ele foi 'culatra' e usava peças de roupa que mais pareciam shorts ou calças do que vestidos", explicou Hanson ao Hapers Bazaar. 

A tradição nos dias de hoje

Assim como seus antepassados, o príncipe George, filho do príncipe William com Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, segue a tradição. No entanto, o pequeno herdeiro já fez uma aparição pública usando calças, durante o casamento real de seu tio, o príncipe Harry com a atriz Meghan Markle.

Entretanto, como esta tradição está diretamente ligada a uma questão de classe, é possível que permaneça entre a família real moderna, mesmo que tenham aberto esta exceção, como aponta o portal Hapers Bazaar.

"O hábito moderno das famílias de classe alta que escolhem vestir seus meninos de short remetem deliberadamente a uma época passada. Os altos escalões britânicos estão sempre dispostos a se apegar à tradição, e este também os marca silenciosamente do 'resto'", acrescentou Hanson.


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio de obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

O Amor Da Princesa Diana, de Anna Pasternack (2018) - https://amzn.to/2xOZ8c9

A história do século XX, de Martin Gilbert (2017) - https://amzn.to/2yFZMcv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7