Vitrine » Cultura

Romance histórico aborda o empoderamento feminino no século 19

A Dama das Lavandas, de Anne Valerry retrata o machismo, luta de classe e preconceito eminente na época

Victória Gearini Publicado em 20/10/2020, às 08h45

Capa da obra A Dama das Lavandas (2020)
Capa da obra A Dama das Lavandas (2020) - Divulgação / Novo Século Editora

Preconceito, diferenças de classes, amor, perda e empoderamento feminino são alguns dos elementos que permeiam a obra A Dama das Lavandas, da professora de espanhol e português Anne Valerry.

Recém-lançada pela Novo Século Editora, este romance histórico é ambientado no século 19 e retrata as condições sociais e tabus que rodeavam as mulheres deste século. Repleta de reviravoltas, a obra traça, ainda, um valioso ensinamento sobre o empoderamento feminino. 

A Dama das Lavandas conta a história da jovem órfã Victoire Martinet, que sonha em mudar as condições femininas deste período. Martinet trabalha como jardineira, semeando lavandas, ao lado de sua tia Augustine. No entanto, a jovem se vê obrigada a arrumar outro emprego para se sustentar. 

Certo dia, Victoire Martinet tem a ideia de criar um aroma de perfume diferente de todos que existiam até então. Seu objetivo era comercializar o produto entre a elite e nobreza de Paris. Entretanto, tudo muda quando a garota conhece Maurice Bourguignon, um magnata do vinho. Logo o milionário tenta seduzir a jovem, que resiste aos seus encantos, mantendo a sua dignidade e honra. 

“O fato das mulheres não poderem assumir os negócios e ter ambições profissionais dava margem para que os homens tomassem à frente de tudo. E, se não tivessem herdeiros, algum familiar mais próximo, sendo homem, assumiria o comando. Contudo, a família Martinet era composta somente por duas mulheres: Victoire e Mademoiselle Augustine”, trecho retirado de A Dama das Lavandas

Disponível na Amazon em formato Kindle e capa comum, este romance histórico retrata valiosos ensinamentos sobre o empoderamento feminino, a partir de uma visão do século 19. Por meio de uma escrita envolvente e dinâmica, Anne Valerry é capaz de apresentar diversos temas como, machismo, luta de classes, preconceito e feminismo. 

Confira um trecho de A Dama das Lavandas (2020): 

“Pelo calendário aquela seria a última noite de inverno em como sempre, a velha lareira de pedras estava acesa. Victoire e a tia resolveram se reunir para, logo depois do jantar, desfiar a noite com um pouco de leitura e tagarelices.

Antes de se acomodar no sofá, Augustine pegou o periódico Journal Du Peuple, que estava sobre a mesinha de centro, abriu-se e leu a informação em destaque com um olhar de admiração.

— O château foi vendido …

— Que château, titia? — perguntou Vic despreocupada enquanto pegava um livro de páginas grossas na mesinha ao lado do sofá. 


+Saiba mais sobre este e outros romances históricos disponíveis na Amazon: 

A Dama das Lavandas, de Anne Valerry (2020) - https://amzn.to/37pQwsa

O drible, de Sérgio Rodrigues (2013) - https://amzn.to/366FMuw

O último dia da inocência, de Edney Silvestre (2019) - https://amzn.to/2G9PyBG

Apesar da Guerra: Um romance de época que se passa no Brasil, de Lya Galavote (2019) - https://amzn.to/37gr5Xa

Orgulho e preconceito, de Jane Austen (2018) - https://amzn.to/2R9U21q

A casa dos espíritos, de Isabel Allende (2017) - https://amzn.to/2R9a1wH

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W