Vitrine » Segunda Guerra Mundial

Selma Van de Perre: uma sobrevivente do Campo de Concentração de Ravensbruck

Conheça a história da Combatente da Resistência Judaica Holandesa que sobreviveu ao campo de concetração que aprisionava apenas mulheres

Rafaela Bertolini, sob a supervisão de Isabella Bisordi Publicado em 11/04/2022, às 18h10

Capa da obra "Meu nome é Selma" (2022)
Capa da obra "Meu nome é Selma" (2022) - Crédito: Reprodução / Seoman

Há vários casos particulares que denunciam as atrocidades do Holocausto. Uma dessas histórias é a de Selma Van de Perre, que sobreviveu aos acontecimentos da Segunda Guerra Mundial para contar sua história de vida. Prestes a completar 100 anos em julho de 2022, Selma é holandesa e atualmente vive em Londres.

Crédito: Reprodução / Seoman
Crédito: Reprodução / Seoman

Na autobiografia "Meu nome é Selma", ela conta como sobreviveu a um dos campos de concentração mais cruéis da história: Ravensbrück, designado pelos nazistas especialmente para aprisionar mulheres. Assim, ela continua narrando as dificuldades de ser judia na Holanda, como a guerra chegou e devastou sua família e de como ela assumiu uma identidade ariana falsa para conseguir sobreviver.

Segundo Selma, ela fez o possível para sobreviver até ser levada pelo regime nazista em 1914. Foi graças a sua identidade falsa que ela conseguiu escapar de Ravensbrück e como ela teve que se afastar de tudo e todos que ela conhecia a fim de proteger sua vida. Ela também relata as formas de resistência que ela passou para tentar fugir do destino trágico da maioria ao seu redor.

Com isso, você pode acompanhar as vivências de Selma, que até 1947 fez parte da Resistência holandesa-britânica, em uma autobiografia que mescla acontecimentos históricos com relatos únicos vividos pela mesma.

Confira um trecho da obra:

Dormimos no chão de madeira do vagão. Era desconfortável, mas devia ser muito pior para minhas amigas nos outros vagões – com cinquenta ou sessenta mulheres amontoadas em seu interior, elas não teriam condições nem de se sentar. E também não dispunham de alimentos. Embora não tivesse me dado conta na época, tive sorte.

"Meu nome é Selma" foi lançado no dia 4 de março de 2022 pela Editora Seoman e está disponível na Amazon para ser adquirido nas versões eBook Kindle e física.


+Saiba mais sobre "Meu nome é Selma" e outras obras relacioandas através da Amazon:

Meu nome é Selma, de Selma Van de Perre (2022) - https://amzn.to/3KzAgpf

Meu nome é Selma (eBook), de Selma Van de Perre (2022) - https://amzn.to/3jurugg

As costureiras de Auschwitz, de Lucy Adlington (2022) - https://amzn.to/3E2uQAK

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/3xkjk2r

O bom doutor de Varsóvia, de Elizabeth Gifford (2022) - https://amzn.to/3JpWEjH

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data de publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime - https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis - https://amzn.to/2yiDA7W