Notícias » Brasil

Apenas no ano passado, Paulo José viu três de seus quatro irmãos falecerem

Antes de morrer, o ator perdeu entes queridos em um curto período

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 12/08/2021, às 11h48

O artista Paulo José
O artista Paulo José - Divulgação/Memória Globo

Na última quarta-feira, 11, o Brasil se entristeceu com a notícia da morte do atorPaulo José, um dos mais importantes e respeitados da nossa teledramaturgia. Inúmeros colegas de profissão homenagearam e se despediram do artista nas últimas horas.

O ator faleceu aos 84 anos devido a uma pneumonia depois de ficar internado por mais de 20 dias em um hospital no Rio de Janeiro. Os mais de 60 anos levando alegria para televisão dos brasileiros nunca serão esquecidos.

Como relembrou o UOL, o ano de 2020 foi extremamente difícil para Paulo, que perdeu três de seus quatro irmãos apenas naqueles 12 meses. 

Ele foi o segundo filho de cinco da família e viu três de seus irmãos morrerem apenas no ano passado. Apenas o irmão Arlindo Fábio Gómez de Sousa, de 79 anos, ainda vive; ele é professor emérito da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Em fevereiro do ano passado, Paulo perdeu Antonio Claudio Gómez de Sousa, que faleceu aos 76 anos. Sousa foi professor do centro de tecnologia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), onde se formou. 

Orlando Carlos Gómez de Souza também morreu em 2020. Ele foi engenheiro eletricista e professor. Os detalhes sobre sua morte aos 82 anos não foram divulgados à imprensa por discrição da família. 

Já em dezembro, o ator viu a morte Luiz Alberto Gómez e Souza, sociólogo que faleceu devido a um câncer linfático aos 85 anos. O irmão de Paulo foi parte do time de assessores do IBRADES (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social).