Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Estados Unidos

Deputado conservador americano compara pessoas trans aos X-Men

O congressista republicano Webster Barnaby atacou pessoas trans durante discussão sobre projeto de lei na última segunda-feira, 10

Éric Moreira, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 11/04/2023, às 12h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O deputado republicano Webster Barnaby e uma imagem dos heróis X-Men - Reprodução/Vídeo/YouTube / Reprodução/Marvel
O deputado republicano Webster Barnaby e uma imagem dos heróis X-Men - Reprodução/Vídeo/YouTube / Reprodução/Marvel

Durante o debate para um projeto de lei relacionado ao uso de banheiros públicos por pessoas trans nos Estados Unidos, um deputado conservador republicano da Flórida, Webster Barnaby, de 63 anos, fez uma polêmica comparação entre transgêneros e os famosos mutantes da Marvel, os X-Men

O projeto de lei em questão, de número 1521 no estado da Flórida, tem como objetivo criminalizar o uso de banheiros públicos por pessoas trans, de acordo com a Rolling Stone Brasil.

Na fala, Barnaby se definiu como um "orgulhoso homem conservador", além de referir-se aos transgêneros como "mutantes vivendo entre nós no planeta Terra" e "demônios e impuros."

Eu olho para a sociedade hoje e parece que estou vendo um filme dos X-Men. Quando você assiste aos filmes dos X-Men ou lê os quadrinhos da Marvel, é como se tivéssemos mutantes vivendo entre nós no planeta Terra. Algumas pessoas não gostam [que diga isso], mas são fatos: temos pessoas vivendo entre nós no planeta Terra, que estão felizes em apresentar-se como mutantes de outro planeta. Esse é o planeta Terra, onde Deus criou o homem, macho, e a mulher, fêmea", disse o congressista.

Reações imediatas

Logo após os polêmicos comentários de Webster Barnaby, uma deputada democrata que também estava presente na discussão, Kristen Arrington, tomou a palavra e se dirigiu especificamente à população transgênero que os acompanhava:

"Venho aqui também para dizer que os vejo, os ouço, os entendo e os amo. Definitivamente ainda estou um pouco abalada pelos últimos comentários e só venho até aqui para fizer que há muitos de nós que os entendem e os apoiam."

E embora a divisão entre democratas e republicanos seja bem forte, sendo inclusive os republicanos, em maioria, mais conservadores, até mesmo parte da base do partido se incomodou com os comentários de Barnaby.

Entre os membros que se pronunciaram, está o deputado Chase Tramont, que também se dirigiu às pessoas trans: "Vocês não são seres malignos. Eu acredito que vocês são feitos maravilhosamente e quero que vivam suas vidas bem."

Após a repercussão do caso, Webster Barnaby emitiu, ainda, um pedido de desculpas àqueles que se sentiram atacados pelos comentários que comparavam-nos a demônios. Apesar disso, a proposta de lei 1521 terminou sendo aprovada, e agora segue as próximas instâncias antes de tornar-se efetivamente uma lei.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!