Notícias » Família Real Britânica

‘Quando eu for rei’: William teria desrespeitado funcionários na infância, diz livro

Na obra ‘The Palace Papers’, jornalista dá detalhes do caso; confira

Penélope Coelho Publicado em 27/04/2022, às 10h37

Foto do príncipe William na infância e fotografia recente
Foto do príncipe William na infância e fotografia recente - Divulgação/The Royal Family Channel/Youtube / Getty Images

Em novo livro intitulado ‘The Palace Papers’ (Os Papéis do Palácio, em tradução literal para o português), a jornalista Tina Brown revelou detalhes sobre o comportamento do príncipe Williamdurante sua infância.

De acordo com a autora, o homem — que atualmente é o segundo na linha de sucessão ao trono britânico — deu bastante trabalho aos funcionários reais, quando ainda era criança.

Infância de William

Na obra, Brown narra que antigos funcionários do palácio afirmam que o duque de Cambridge tinha um hábito ‘pouco atraente’ em relação à sua babá, Barbara Barnes. As informações foram publicadas na última terça-feira, 26, pelo portal Metrópoles.

Segundo Tina, aos quatro anos de idade, William tinha o costume de latir para sua cuidadora e se recusava a obedecê-la. A autora informou que o príncipe teria dito que ninguém poderia mandar nele e que quando "se tornasse rei", puniria a funcionária.

De acordo com o livro, o comportamento do príncipe deixava a rainha Elizabeth II‘triste’ e ‘irritada’. “Ela [rainha] não achava graça que ele adorasse dizer: ‘Quando eu for rei, vou fazer uma nova regra'”, afirma a escritora.