Notícias » Brasil

20 toneladas de carne: a cidade paraense que comemorou aniversário com 'churrascão'

O evento possui bastidores sombrios envolvendo corrupção, mortes e denúncias

Redação Publicado em 11/05/2022, às 16h57

Trechos de vídeos mostrando a carne sendo assada
Trechos de vídeos mostrando a carne sendo assada - Divulgação/ Redes Sociais

Na última terça-feira, 10, a cidade de Parauapebas, localizada no estado do Pará, comemorou seu aniversário de 34 anos com um grande churrasco que contou com 20 toneladas de carne. 

O evento, que procura se tornar o "maior churrasco do mundo", possivelmente entrando para o Guinness Book, foi promovido pela prefeitura do município, sendo divulgado através do site oficial do órgão:

Toda a população está convidada para participar do churrascão, organizado pelo Siproduz (Sindicato dos Produtores Rurais) onde serão assados 20 mil quilos de carne em 1.200 costelões. O evento inicia a partir das 10h e segue até 16h", dizia o convite publicado no portal.

Além do churrasco, outras comemorações foram feitas nos últimos dias. Nestas, houve inclusive a participação de artistas famosos, como a dupla sertaneja Maiara e Maraísa, e o cantor Léo Magalhães, segundo repercutido pelo UOL. 

Os bastidores da festa

Um fato que estaria por trás de toda essa abundância é revelado por um relatório da Agência Nacional de Mineração: os dados apontam que, em 2021, a cidade paraense recebeu nada menos que 2,4 bilhões de reais da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais). 

A comemoração como um todo foi alvo de crítica do jornalista investigativo Maurício Angelo através de sua conta pessoal do Twitter, que fez uma longa thread detalhando escândalos de corrupção e denúncias de violações de direitos humanos ocorridos em Parauapebas nos últimos anos. Confira um trechinho abaixo: 

+ Para saber mais a respeito das investigações do repórter sobre o setor mineral, clique aqui