Notícias » Austrália

Apoio à tenista que denunciou abusos é permitido em torneio da Austrália

Após denúncia, Peng Shuai ficou desaparecida por semanas; ainda restam dúvidas se a chinesa é livre para falar sobre o caso

Penélope Coelho Publicado em 25/01/2022, às 12h00

Peng Shuai em partida
Peng Shuai em partida - Getty Images

A partir desta segunda-feira, 24, o público que comparecer ao torneio de tênis ‘Aberto da Austrália’ poderá usar camisetas com frases de apoio à tenista chinesa Peng Shuai, que realizou denúncias de abuso que teriam sido cometidos por uma autoridade de seu país.

Anteriormente, organizadores do torneio de Grand Slam haviam pedido para que os espectadores retirassem suas camisas e faixas que demonstravam apoio à Peng. O caso repercutiu mal e foi duramente criticado, gerando a nova decisão.

Desde que não venham como uma multidão perturbadora, mas sejam pacíficos", afirmou o diretor do torneio australiano, à AFP.

As blusas em questão eram estampadas com a frase ‘Onde está Peng Shuai?’, em decorrência de seu sumiço, após ter falado sobre os abusos e de ter sua denúncia censurada.

Após a repercussão na mídia e nas redes sociais, a tenista reapareceu publicamente, mas muitas questões sobre sua segurança e bem-estar permanecem sem resposta. Existem dúvidas se a chinesa é verdadeiramente livre para comentar sobre o caso.