Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Espaço

Como se comunicar com extraterrestres sem causar uma guerra intergaláctica?

Cientistas criaram compilado para garantir que qualquer contato feito com vida extraterrestre seja considerado amigável; entenda!

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 27/12/2023, às 13h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem ilustrativa - Pixabay
Imagem ilustrativa - Pixabay

Cientistas criaram o compilado chamado 'ciência da linguagem extraterrestre' para garantir que qualquer contato feito com vida extraterrestre seja considerado amigável — portanto, evitando uma eventual guerra intergalática. 

Em 2020, um estudo publicado no Astrophysical Journal estimou que existem cerca de 36 civilizações "avançadas" apenas na Via Láctea. Entretanto, identificá-las ou contactá-las tem permanecido fora de alcance para a humanidade atual. 

+ Existe diferença entre Óvni, ET e Alienígena?

Desta forma, relata o Times, o novo volume compilado por 25 especialistas renomados em linguística, antropologia, comunicações animais, filosofia, ciência da computação e biologia, foi criado para "explorar a natureza potencial de uma inteligência não-terrestre com capacidades linguísticas".

O artigo conta com colaborações como Noam Chomsky, cientista político e social conhecido como 'pai da linguística moderna'. O volume também é editado pelo astrobiólogo Dr. Douglas Vakoch

Estou otimista. Acho que é realista que durante nossas vidas possamos receber uma mensagem através de programas Seti (busca por inteligência extraterrestre) ou enviar mensagens que algum dia poderão obter uma resposta", disse Vakoch ao veículo.

Comunicação interplanetária

Durante décadas, a humanidade tem buscado vida inteligente no espaço e vários programas chegaram a enviar sinais de comunicação na esperança de receber algum tipo de resposta — seja quanto tempo isso precisasse. 

A sonda Voyager, por exemplo, carrega um 'Disco de Ouro' completo com saudações em 54 línguas; registros sonoros de trovões, vento, ondas do mar e cantos de pássaros. Além de uma coletânea musical com obras de diferentes épocas e culturas, tudo isso selecionado por um comitê da NASA chefiado por Carl Sagan

A nova investigação utiliza o conhecimento atual das línguas humanas e das várias formas como os animais comunicam com o objetivo de descobrir como "decodificar a comunicação intencional de outro mundo"; além de criar uma série de procedimentos para manter essa comunicação pacífica e saudável. 

Nossas tentativas de analisar mensagens alienígenas têm maior probabilidade de ter sucesso se pudermos começar com mensagens simples e trabalhar para subir", dizem os pesquisadores no compilado. 

Se esta abordagem não for adotada, teme-se que qualquer relação com a vida alienígena permanecerá "semelhante a náufragos acenando uns para os outros de ilhas separadas, conscientes da existência uns dos outros, mas nunca capazes de saber mais".

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!