Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Coronavírus

Covid-19: Estudo aponta ineficácia e reações com uso de ivermectina

A pesquisa foi realizada com pacientes na Malásia; confira

Redação Publicado em 23/02/2022, às 14h23

Caixa de ivermectina - Divulgação/TV Globo
Caixa de ivermectina - Divulgação/TV Globo

Na última semana, foi publicado na revista científica Jama Internal Medicine, um estudo a respeito da ineficácia da ivermectina, no tratamento contra Covid-19.

A pesquisa foi realizada com 490 pessoas na Malásia, de maio a outubro de 2021. Na ocasião, metade dos pacientes receberam o medicamento e a outra metade não. Em cada grupo, 50% das pessoas já haviam recebido pelo menos 2 doses da vacina contra o novo coronavírus.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias g1, o estudo constatou que o medicamento — usado no tratamento de infestações por parasitas — não é eficaz para tratar a Covid-19, reiterando resultados anteriores de outras pesquisas sobre o mesmo tema.

Segundo revelado na publicação, os envolvidos nesta pesquisa em questão tinham comorbidades e apresentavam quadros leves e moderados do vírus, todos estavam internados para o tratamento. Os pacientes sabiam se estavam recebendo ou não a ivermectina.

Além da ineficácia, o estudo concluiu principalmente que o uso de tal medicamento pode gerar reações severas. Entre os efeitos colaterais registrados em quatro pessoas estão: ataque cardíaco, anemia grave e choque devido à perda de líquidos, casada por diarreia.

Em nota, os cientistas envolvidos na pesquisa afirmaram que “os resultados do estudo não apoiam o uso de ivermectina para pacientes com Covid-19”.


Confira a pesquisa completa neste link.