Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Pelé

Cumprimento do testamento de Pelé é determinado pela Justiça

O Rei do Futebol faleceu no fim de 2022 e deixou testamento escrito; agora, a Justiça determinou que ele deverá ser cumprido

Redação Publicado em 19/12/2023, às 19h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O Rei do Futebol, Pelé - Getty Imagens
O Rei do Futebol, Pelé - Getty Imagens

A Justiça de São Paulo determinou, nesta terça-feira, 19, que o testamento deixado por Pelé seja respeitado e cumprido. A decisão foi proferida pela juíza Andrea Roman, da 2ª Vara de Família e Sucessões, que considerou o pedido procedente.

O testamento foi lavrado em 2008, quando Pelé ainda estava casado com Márcia AokiNascimento. A ex-mulher do Rei do Futebol é a herdeira testamentária e terá direito a 30% da totalidade dos bens de Pelé, incluindo um imóvel no Guarujá.

Os demais 70% da herança serão divididos entre os descendentes de Pelé, incluindo os filhos de Sandra Nascimento, que ele nunca havia reconhecido. O testamento ainda deixa em aberto a possibilidade de mais uma filha, em processo judicial que corre na Justiça de São Paulo, em sigilo.

A validação e eficácia do testamento acontecerá mesmo se for confirmada a existência de uma nova herdeira. A juíza Andrea Roman ressaltou que “qualquer que seja o resultado não altera a vontade do testador”.

Sem contestação

Luiz Kignel, advogado de Márcia, confirmou à coluna a homologação do testamento na Justiça e acrescentou não ter havido contestação de sua validade por nenhum dos envolvidos. Ele ressaltou que o processo corre em sigilo.

Edinho, um dos filhos de Pelé, falou sobre a questão da herança ao UOL durante o Prêmio Brasil Olímpico, na semana passada. “O mais importante é que a família está unida, os irmãos estão unidos e o exercício está sendo feito da maneira mais natural possível. É uma burocracia, infelizmente, que tem que acontecer”, disse.

O testamento também estabelece que José Fornos Rodrigues, o Pepito, será o testamenteiro. Pepito foi fiel escudeiro de Pelé ao longo da vida e carreira. Ele acertou um prêmio de 5% em cima do patrimônio da ex-mulher de Pelé, segundo a coluna de Diego Garcia, via UOL.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!