Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Crimes

Dois brasileiros são indiciados por procedimentos estéticos ilegais na Espanha

Dupla teria realizado um procedimento de queima de gordura que terminou com cliente em coma

Ingredi Brunato Publicado em 29/12/2022, às 08h36

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fotografia meramente ilustrativa de tratamento estético - Divulgação/ Freepik/ nensuria
Fotografia meramente ilustrativa de tratamento estético - Divulgação/ Freepik/ nensuria

Na última quarta-feira, 28, a Polícia Nacional Espanhola executou a prisão preventiva de quatro pessoas — duas dessas, brasileiras — conectadas à realização de procedimentos estéticos de forma ilegal. 

O caso chegou às autoridades através de uma denúncia feita no último dia 8 de dezembro. A informação reportada foi que um dos serviços oferecidos pelo grupo deixou uma cliente em estado grave.

A mulher, que era uma cidadã alemã, recebeu injeções de toxina botulínicaque seriam destinadas à queima de gordura no último dia 25 de novembro, segundo repercutido pelo portal Soy de Madrid. 

Ela começou a experienciar mal estar no mesmo dia do procedimento, que custou o equivalente a mais de 19,5 mil reais. Após hospitalização, a alemã acabou entrando em coma.  

Os suspeitos 

A investigação da polícia espanhola os conduziu para dois suspeitos, um homem e uma mulher, que ofereciam os tratamentos estéticos a despeito de não possuírem formação médica. 

Uma segunda dupla ligada ao esquema foi interceptada em meio a uma tentativa de viajar para fora do país, ainda de acordo com o Soy de Madrid. Em sua bagagem, haviam diversos produtos químicos utilizados na área da estética. 

Os quatro são acusados de crimes contra a saúde pública e fraude, além de imigração ilegal. Veja abaixo um vídeo mostrando uma das duplas detidas: 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!