Notícias » Personagem

Harry relembra funeral de Diana: 'Era como se eu estivesse fora do meu corpo'

O filho do príncipe Charles relembrou a dura fase em entrevista à Oprah

Redação Publicado em 22/05/2021, às 14h44

Foto pessoal de Diana, William e Harry
Foto pessoal de Diana, William e Harry - Getty Images

Em entrevista à Oprah, Harry, filho mais novo da eterna Lady Di, fez uma triste revelação sobre o seu passado. Em relato a série The Me You Can't See, disponibilizada no Apple TV, o ex-membro da corte de Elizabeth IIrelembrou o trauma que encarou durante o funeral de sua mãe, após um trágico acidente de carro em 1997.

Harry durante a entrevista /Divulgação/Youtube/The Telegraph

 

"Para mim, o que mais me lembro é o som dos cascos dos cavalos passando pelo Mall", desabafou o pai do pequeno Archie. Vale destacar que neste caso, 'Mall' se refere a avenida londrina que se inicia em Buckingham e tem seu fim na Trafalgar Square.

Harry disse à apresentadora que naquele momento sentiu que estava fazendo o que era esperado.

"Era como se eu estivesse fora do meu corpo e apenas caminhando fazendo o que era esperado de mim. Mostrando um décimo da emoção que todo mundo estava mostrando: esta era minha mãe - você nunca a conheceu", disse o marido de Meghan Markle.

'Época de pesadelo'

Durante a conversa, o filho mais novo do príncipe Charles disse que viveu uma ‘época de pesadelo’, marcada por ataques de pânico e ansiedade no período que compreendeu seus 28 e 32 anos. "Estava mentalmente confuso”, explicou Harry.

Ele até mesmo falou que o período foi marcado pelo consumo excessivo de álcool. O neto da rainha disse que em uma sexta-feira ou sábado à noite era capaz de consumir o equivalente a uma semana de bebedeira.

Princesa Diana com seus filhos, Harry e William /Crédito: Getty Images

 

"Toda vez que colocava um terno e gravata ... tendo que fazer o papel, e dizer, 'certo, cara séria', olhar no espelho e dizer 'vamos'. Antes mesmo de sair de casa eu estava encharcado de suor. Estava em modo de luta ou fuga’, explicou Harry. "Estava disposto a beber, estava disposto a usar drogas, estava disposto a tentar e fazer as coisas que me faziam sentir menos como estava."

Decisão do desligamento

Em nota publicada no dia 19 de fevereiro, o Palácio de Buckingham informou que Harry e Meghan não retornariam a Família Real. "Embora todos estejam tristes por sua decisão, o duque e a duquesa continuam sendo membros muito queridos da família", explicou em nota.

Após uma conversa com a Rainha Elizabeth II, foi decidido que alguns títulos honorários serão devolvidos à realeza britânica. As antigas nomeações e patrocínios de Harry e Meghan devem retornar para a rainha, que terá a responsabilidade de remanejar as antigas funções sociais do casal para membros ativos da Família Real.