Notícias » Egito Antigo

Arqueólogos encontram 16 tumbas de importantes sacerdotes do Egito Antigo

Segundo o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, as múmias pertenciam aos sacerdotes de Thoth, deus da escrita e da sabedoria

Pamela Malva Publicado em 31/01/2020, às 14h00 - Atualizado às 14h20

Uma das múmias egípcias encontrada no sarcófago de calcário
Uma das múmias egípcias encontrada no sarcófago de calcário - Divulgação/Facebook/Ministério de Antiguidades do Egito

Arqueólogos encontraram 16 túmulos egípcios na vila de Tuna al-Gabal, no Vale do Nilo, nesta quinta feira, 30. Segundo anúncio do Ministério de Antiguidades do Egito, elas datam de três disnastias, entre os anos 664 e 399 a.C..

As descobertas foram feitas durante a escavação de um grande cemitério no centro do Egito, perto da cidade de Minya. Os túmulos contavam com restos mortais e artefatos milenares.

No mesmo local, anteriormente, foram encontrados edifícios funerários e catacumbas cheias de animais mumificados. A nova descoberta revelou mais 20 sarcófagos feitos de calcário, com tampas em formatos de homens, gravadas com hieróglifos.

Sarcófagos em formato de pessoas, com hieróglifos / Crédito: Divulgação/Facebook/Ministério de Antiguidades do Egito

 

Além deles, os arqueólogos encontraram mais cinco caixões de madeira, centenas de amuletos e 10 mil estátuas funerárias azuis, conhecidas como ushabti — peças de decoração usadas nos túmulos da região. Todas as peças foram encontradas em boas condições.

Uma das preocupações dos cientistas era que, graças ao tempo, as peças estivessem danificadas. No entanto, segundo Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, cada sarcófago apresentava pedras bem polidas e bem conservadas.

Esqueleto encontrado nas escavações / Crédito: Divulgação/Facebook/Ministério de Antiguidades do Egito

 

Mostafa ainda afirmou que os túmulos provavelmente pertenciam aos sumos sacerdotes de Thoth, deus egípcio da escrita e da sabedoria. As tumbas e sarcófagos, todavia, também podem ter sido dedicadas ao deus céu, Hórus.

Estatuetas funerárias ushabti / Crédito: Divulgação/Facebook/Ministério de Antiguidades do Egito

 


+Saiba mais sobre o Egito Antigo através de relevantes obras

O Egito Antes dos Faraós: E Suas Misteriosas Origens Pré-Históricas, Edward F. Malkowski, 2010 - https://amzn.to/2r3pgNe

O faraó negro, Christian Jacq, 2010 - https://amzn.to/2NVGlS2

A Noviça e o Faraó, Hermínio Corrêa De Miranda, 2012 - https://amzn.to/32Rqo3p

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.