Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Homem esfaqueado

Homem é esfaqueado e morto por vizinha durante briga por barulho

Crime ocorreu em Piracicaba (SP) na madrugada do último domingo, 27

Redação Publicado em 29/08/2023, às 10h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem ilustrativa - Imagem de Diego Fabian Parra Pabon por Pixabay
Imagem ilustrativa - Imagem de Diego Fabian Parra Pabon por Pixabay

Durante uma discussão entre vizinhos motivada por barulho excessivo, um homem de 32 anos perdeu a vida após ser esfaqueado no pescoço, na madrugada deste domingo, 27, em Piracicaba (SP). A suspeita de desferir o golpe fatal é uma mulher de 25 anos, que foi detida em flagrante e enfrentará acusações de homicídio.

A vítima — identificada como João Philippe Brandão Lopes de Deus — foi socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Rezende, onde sua própria irmã trabalhava. No entanto, lamentavelmente, não sobreviveu aos ferimentos.

Segundo o relato registrado no Boletim de Ocorrência, o incidente ocorreu por volta das 2h53 da madrugada, na região do bairro Vila Rezende.

Briga entre vizinhos

A discussão teve origem quando João Philippe, que era filho de um guarda municipal da cidade, solicitou ao vizinho, de 24 anos, que diminuísse o volume da festa em andamento. No decorrer da contenda, a irmã do vizinho acabou envolvendo-se na disputa e desferiu uma facada no pescoço da vítima, como destacou o portal Band.

Detida, a mulher admitiu ter apunhalado João Philippe no pescoço. No entanto, ela alega que agiu em legítima defesa. No momento, permanece sob custódia, enquanto as autoridades investigam os detalhes do caso. O irmão da suspeita também está sob investigação.

O incidente foi oficialmente registrado na Delegacia Seccional de Polícia de Piracicaba (SP) como um homicídio motivado por um motivo fútil e com a utilização de recursos que dificultaram ou impossibilitaram a defesa da vítima.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!