Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / EUA

Massacre em Buffalo: suspeito é acusado de terrorismo doméstico

Dez pessoas foram mortas em ataque ocorrido em supermercado no mês passado

Redação Publicado em 02/06/2022, às 11h42

Homenagem às vítimas do massacre - Getty Images
Homenagem às vítimas do massacre - Getty Images

O adolescente branco que matou a tiros 10 pessoas negras em um supermercado da cidade americana de Buffalo, Nova York, foi denunciado ontem, 1°, por terrorismo doméstico. A vítimas tinham entre 32 e 86 anos de idade.

Aos 18 anos, Payton Gendron ainda enfrenta 10 acusações assassinato em primeiro grau, conforme apontou um documento divulgado pelas autoridades do sistema judiciário do estado. Há ainda acusações de tentativa de homicídio e posse de armas. 

Segundo informações da AFP, a denúncia afirma que o crime cometido no Tops Friendly Market no mês passado teve motivação racista. O acusado será notificado no Tribunal do Condado de Erie nesta quinta-feira, 2, às 14h00 (15h00, no horário de Brasília).

Prisão perpétua

De acordo com a agência de notícias, jovem apontado como autor do atentado se diz inocente. O crime de terrorismo doméstico, do qual Gendron é acusado, acarreta em pena de prisão perpétua desde que entrou em vigor, em 2020. As autoridades federais ainda consideram a possibilidade de apresentar acusações de crimes de ódio contra o réu.