Notícias » Arqueologia

Inúmeras tumbas antigas são encontradas em região conhecida por descoberta do Exército de terracota

Durante uma obra em Xian, na China, foram identificados mais de três mil túmulos e milhares de artefatos históricos

Isabela Barreiros, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 22/02/2021, às 14h55 - Atualizado em 23/02/2021, às 18h42

Escavações realizadas na China
Escavações realizadas na China - Divulgação/Weibo

Uma obra de expansão do Aeroporto Internacional de Xianyang, em Xian, China, revelou milhares de descobertas arqueológicas notáveis. A região já é conhecida por ser o lar do Exército de terracota, uma coleção de estatuetas de soldados em tamanho real do primeiro imperador da China, Qin Shi Huang.

Foram identificadas 3.500 tumbas e 4.600 artefatos históricos de notável importância. De acordo com o Instituto de Xian, “o número e a escala das relíquias são enormes e a carga de trabalho das escavações arqueológicas é enorme”.

"Em Xian, antes do início de qualquer projeto de construção ou antes de o governo vender uma determinada parcela de terreno, é feito um levantamento arqueológico. Isso é raro na China", contou Wang Zili, vice-diretor do instituto.

Crédito: Divulgação/Weibo

 

O projeto está sendo realizado desde julho do ano passado na cidade, e a expectativa é que novas linhas de metrô sejam construídas na região. Ao longo desse período, diversas descobertas arqueológicas foram feitas, o que inclui a identificação recente das tumbas

De acordo com Zhou Kuiying, vice-chefe do escritório provincial de relíquias culturais, “esses vestígios cobrem todos os períodos da história — desde a origem do homem até a última dinastia imperial Qing”.