Notícias » Egito Antigo

Pesquisadores descobrem impressionantes sarcófagos intactos após 2,5 mil anos no Egito

Descobertos em uma necrópole no deserto de Sacará, os arqueólogos se surpreenderam com os túmulos bem preservados

Wallacy Ferrari Publicado em 08/09/2020, às 09h13

Fotografia registra os túmulos encontrados na necropole
Fotografia registra os túmulos encontrados na necropole - Divulgação/Facebook/Ministério das Antiguidades do Egito

Uma equipe de arqueologia localizou ao menos 13 sarcófagos, confeccionados em madeira e datados em 2,5 mil anos atrás, em um caminho alternativo escondido na necrópole do deserto de Sacará, no Egito. De acordo com o Science Alert, a surpresa não partiu da descoberta dos ornamentos funerários, mas do estado de conservação do local.

A região, conhecida pelo encontro de sarcófagos, raramente possuem túmulos preservados, visto que a decomposição no clima quente desfavorece as características originais do ornamento. A nova descoberta, entretanto, estava intacta depois de milênio, além de estar completamente selada.

Arqueólogos abrem túmulo na necropole / Crédito: Divulgação/Facebook/Ministério das Antiguidades do Egito

 

De acordo com o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito, os ornamentos foram localizados empilhados em uma cova com 11 metros de profundidade. Além dos túmulos, outros itens que acompanhavam os sarcófagos, como as pinturas na madeira, estavam extremamente bem preservados.

A análise dos pesquisadores concluiu que, desde que foram enterrados, permaneceram selados sem intervenções humanas. Outros três nichos selados foram encontrados pela equipe e serão posteriormente analisados para compreender os antigos costumes funerários egípcios.