Notícias » Estados Unidos

Policial que asfixiou George Floyd até a morte será julgado em março

Em 25 de maio do ano passado, Derek Chauvin passou mais de oito minutos com o joelho pressionando o pescoço de Floyd

Fabio Previdelli Publicado em 13/01/2021, às 11h23

Foto de Derek Chauvin, assassino de George Floyd
Foto de Derek Chauvin, assassino de George Floyd - Divulgação

O ex-policial Derek Chauvin, acusado de matar George Floyd, irá a julgamento no dia 8 de março. Além dele, outros três co-réus também serão julgados, no entanto, segundo ordens de um juiz que foram divulgadas ontem, 12, a audiência do trio só ocorrerá no final de agosto. As informações são do UOL

Os quatro policiais seriam julgados no mesmo dia, porém, um pedido enviado ao Ministério Público e de Defesa solicitou o adiamento das sessões, devido a política de distanciamento em virtude da pandemia de Covid-19.  

Mesmo no maior tribunal dos EUA, em Minneapólis, “será impossível cumprir as regras de distanciamento físico no caso de um julgamento conjunto”, admitiu em sua decisão o juiz Peter Cahill.  

Apesar da medida, ele ordenou que o julgamento de Derek fosse mantido na data proposta. Além de Chauvin, seus ex-colegas Alexander Kueng, Thomas LaneTou Thao são acusados de cumplicidade e “serão julgados juntos a partir de 23 de agosto”, informou Cahill.

A promotoria optou por um julgamento unificado do trio para não prolongar o trauma dos familiares de Floyd, além de reduzir gastos.