Notícias Resenha

Elis: Minissérie conta história de uma das cantoras mais amadas do Brasil

"Elis - Viver é melhor que sonhar" é uma adaptação do filme de 2016 que mostrou a trajetória de um grande nome da música brasileira

quarta 9 janeiro, 2019
Andreia Horta em cena do filme
Andreia Horta em cena do filme "Elis" Foto:Reprodução

O filme sobre a vida e carreira de Elis Regina, uma das maiores cantoras da música brasileira, foi lançado em 2016, e agora, a Rede Globo decidiu fazer uma adaptação da obra para a TV. O filme de Hugo Prata, Elis, foi um grande sucesso nos cinemas, rendendo diversas críticas positivas e até mesmo prêmios de melhor atriz no Festival de Gramado e pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) para Andreia Horta, que protagonizou o longa.

A série, intitulada Elis – Viver É Melhor Que Sonhar, estreou ontem, com exibição no horário nobre da emissora, e foi um dos assuntos mais comentados da internet. A adaptação cobrirá a vida da “Pimentinha” desde abril de 1964, quando chegou ao Rio de Janeiro para focar em sua carreira artística, até sua morte por overdose, em 1982.

Notícias Relacionadas

Será dividida em 4 capítulos,  trazendo, além das cenas do filme original, novas cenas gravadas no ano passado, depoimentos e cenas reais da vida de Elis, e novidades de personagens ausentes no longa, como Rita Lee (vivida por Mel Lisboa), Tom Jobim (Sérgio Guizé) e Vinicius de Moraes (Thelmo Fernandes).

Elis Regina Carvalho Costa Reprodução

As cenas novas gravadas por Andreia Horta no ano passado foram um desafio. Segundo a atriz, entregar uma representação de Elis e de própria atuação de três anos atrás da cantora não foi fácil. Ela recorreu a vídeos de entrevistas de Elis nas duas vezes para compor a personagem, algo que ela considerou prazeroso. Sobre o hiatos de 3 anos nas filmagens, ela conta: “Mudou a maneira como vivo, o que evidentemente altera a maneira como trabalho”.

“Quando fala, Elis é senhora do próprio tempo: parece que já pensou tudo aquilo, da mesma forma com que toma para ela todo o tempo do mundo”, define a atriz em entrevista ao jornal Diário de Pernambuco. Sobre a ideia de trazer o filme para o público novamente em minissérie, Andreia aprova e enfatiza: “A fala da Elis foi sempre muito clara. Gostaria que o público de 2019 escutasse e, principalmente, enxergasse com clareza tudo o que ela dizia”.


Elis – Viver É Melhor Que Sonhar. Direção: Hugo Prata. Transmissão às 22h30, na Globo.

Alana Sousa


Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

Mais Lidas

  1. 1 Crianças que nasceram como resultado do horrível programa Há 82 anos, nazistas começavam seu repugnante programa de ...
  2. 2 Os quatro milênios da Babilônia
  3. 3 Uma tempestade chamada Pagu
  4. 4 Inquisição: A fé e fogo
  5. 5 Marginália: As alucinadas ilustrações dos livros medievais